Pastora de jovens morre após tomar vacina contra a gripe

Pastora de jovens morre dias após ser diagnosticada com gripe

Siga o Amigo De Cristo no Google News
Pastora de jovens morre após tomar vacina contra a gripe
Pastora de jovens morre dias após ser diagnosticada com gripe

A pastora de jovens, Allison Williams, 36 anos, morreu na segunda-feira (20), apenas alguns dias após ser diagnosticada com gripe. Ela era uma amada ministra de jovens de uma igreja local que havia feito como sua casa por mais de uma década.

O pastor Scott Brown, que lidera a Igreja Cristã de Reddington, lamentou a morte da jovem pastora: “Nos meus 34 anos no ministério, ela é a melhor ministra da juventude com a qual trabalhei”, disse ele à WLKY.

Williams começou a frequentar a igreja em 2008. Três meses depois, ela estava assumindo a liderança no ministério de jovens da igreja. Ela passou os 11 anos seguintes dedicando-se a esse programa e aos jovens da igreja.

Brown disse que Williams foi incrível em alcançar a juventude da igreja e, durante seu tempo, aumentou o grupo de cerca de uma dúzia para quase 100.

“Todos os anos, ela ministrou em todos os horários de atividades extracurriculares, fossem de banda ou coral ou eventos esportivos, e fazia um esforço para ir ao evento de todas as crianças pelo menos duas vezes ao longo do ano”, lembra Brown.

Williams foi diagnosticada com gripe na semana passada. Brown disse que ele e sua esposa a acompanharam durante o fim de semana antes de finalmente convencê-la a ir à emergência na segunda-feira. Ela morreu no hospital pouco tempo depois. O pastor Brown ainda estava lá.

De acordo com o The Tribune, o pastor, Scott Brown, disse que Allison lamentou a ele em ter tomado a vacina contra a gripe. “Ela me disse ontem: ‘Eu nem sei por que tomei uma vacina contra a gripe. Não me adiantou nada”, disse Brown ao jornal.

“Inicialmente, ela estava falando comigo, eu realmente não entendi que ela havia falecido, e simplesmente não deu nenhum sinal. Não parecia possível”, disse o pastor Brown, quando chamou pelo o médico.

A vida de Williams, disse ele, era rica graças à juventude que ela chamava de “filhos” e sua fé, que ela compartilhava ansiosamente.

“Se eles viverem as coisas que ela ensinou, é isso que ela gostaria”, disse Brown sobre os membros do grupo de jovens da igreja.