Pastor é sequestrado por terroristas do Boko Haram na Nigéria

Pastor é sequestrado por terroristas do Boko Haram na Nigéria
Pastor Lawan Andim, sequestrado por terroristas do Boko Haram na Nigéria

O pastor Lawan Andimi, foi sequestrado por terroristas do Boko Haram na Nigéria durante um ataque na celebração do Ano Novo, na quinta-feira 1° de janeiro. Além de pastor, Andimi é presidente da Associação Cristã da Nigéria (CAN).

O chefe distrital de Michika, Ngida Kwache, fez a divulgação ao receber o vice-governador do estado, Crowther Seth, que visitou a área no sábado. Em um vídeo postado no Twitter pelo jornalista Ahmad Salkida, o pastor pediu ao governo do estado de Adamawa e à liderança do CAN que o ajudasse.

No vídeo, o pastor Andimi falava em hausa e inglês intermitentemente, exortou sua família a não ter medo, acrescentando que ele voltaria para casa em segurança se for a vontade de Deus. Segundo informou o jornal Punch.

Ele disse: “Nunca desanimei porque tudo está nas mãos de Deus. Deus que os fez cuidar de mim e me deixar vivo os tocará … Então, apelo a outros reverendos, particularmente meu Presidente, Rev. Joel Billy, que é um homem forte de amor, que fará o possível para falar com nosso governador e outros agentes necessários para minha libertação.

“Essas pessoas (Boko Haram) estão me tratando bem. Eles estão me alimentando com o que eu quero comer e me proporcionaram um bom lugar para dormir e tudo mais. Eles não fizeram nada de errado comigo e acredito que Deus, que os fez agir dessa maneira, ainda está vivo.

“Pela graça de Deus, estarei junto com minha esposa, filhos e colegas e, se a oportunidade não tiver sido concedida, então talvez seja a vontade de Deus. Todos os simpatizantes e colegas devem ser pacientes. Não chore, não se preocupe, mas agradeça a Deus por tudo.”

Andimi foi sequestrado na quinta-feira durante a celebração do Ano Novo. Enquanto isso, o governador do estado de Adamawa, Ahmadu Fintiri, representado pelo vice-governador, Crowther Seth, na inauguração do secretariado da CAN no estado, pediu pagadores para Andimi.

O governador Fintiri, disse que estava ciente e solidário com todos da Associação Cristã da Nigéria (CAN) pelo sequestro do pastor Andimi pelos terroristas do Boko Haram.

Ele disse: “Ao inaugurarmos este gigantesco edifício, o governo está ciente do sequestro do pastor Andimi que é o Presidente do CAN, da Área do Governo Local de Michika. Estamos tristes com esse desenvolvimento e queremos pedir orações por sua libertação.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui