Mulher que tentou suicídio em ponte era pastora e foi traída pelo marido

Pastora tenta o suicídio em ponte após flagrar traição do marido

Pastora tenta o suicídio em ponte após flagrar traição do marido
Pastora tenta o suicídio em ponte após flagrar traição do marido

A mulher que tentou o suicídio nesta última quinta-feira, 16, na ponte sobre o Rio Negro em Manaus, foi identificada como pastora e foi traída pelo marido, que também é um bispo de uma igreja evangélica na capital do Amazonas.

Segundo informações, após ela flagrar o seu esposo saindo de uma boate com um travesti, se entregou ao desespero e decidiu tirar a própria vida. A tragédia só na aconteceu, após um pastor que passava pelo local, que se prontificou em ajudar a mulher que já estava sendo contida pela guarda municipal.

+ Oração de pastor faz mulher desistir do suicídio em ponte no AM

De acordo com um vídeo publicado na internet, a mulher estava prestes a pular da ponte, quando o pastor Ronaldo Oliveira, passava pelo local, então ele parou o seu carro, e pediu aos policiais se poderia fazer uma oração à pobre mulher, então com autorização da PM, Ronaldo se aproximou da pastora, e lhe fez uma oração.

Segundo testemunhas o bispo que foi flagrado em adultério pela esposa, não teve seu nome revelado, também estava na ponte para salvar sua mulher, e gritava desesperado pela ajuda dos PMs. A mulher foi socorrida pela polícia e pelo pastor que orava tentando acalma lá.

À medida que o pastor proferia palavras de reconforto, a jovem confessava do possível motivo da tentativa de suicídio. “Ela ficava falando que estava cansada de ter se doado tanto para uma pessoa.

Não posso afirmar, mas ela comentava que tinha sido traída por alguém. Não sei se foi por um amigo, relacionamento amoroso ou outra pessoa que possa tê-la desapontado”, disse o pastor, sem saber realmente o que teria acontecido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui