Menino antes de morrer escreve carta para Jesus sobre ir para o Céu

Menino escreve carta para Jesus antes morrer "Estou animado para ir ao céu"

Menino antes de morrer escreve carta para Jesus sobre ir para o Céu
Menino escreve carta para Jesus antes morrer “Estou animado para ir ao céu”

O pastor da igreja que um menino de sete anos frequentava antes de morrer em acidente, encorajou os fiéis ao revelar a carta que ele escreveu para Jesus, falando sobre sua fé em Jesus alguns meses antes de morrer.

Samuel Barker, de Monmouth, País de Gales, na Inglaterra, morreu no local do acidente a cerca de 1,6 km da Igreja de Osbaston, na Escola de Gales, após o final do dia escolar na segunda-feira.

O Rev. Jonathan Greaves, da Igreja Batista de Monmouth, conhecia Samuel desde que ele nasceu quando e sua família frequenta já frequenta à igreja.

Os pais de Samuel disseram ao Rev Greaves que seu filho recebeu um novo livro há alguns meses atrás “e a primeira coisa que ele quis escrever foi algo sobre sua fé e louvor a Deus”, disse o Rev. Greaves ao Premier.

Ele leu no livro: “Eu amo Jesus e Deus porque eles cuidam de mim e são bons comigo. Eles me amam muito e me fazem melhor e são os melhores adultos em todo o mundo.

“Eu os amo muito, muito. Eles são muito gentis comigo. Sempre acreditarei neles. Eles gostam muito de mim. Eles são tão, tão, tão, tão, tão gentis comigo e confio neles.”

“Eles me dão força. Ele me ama o tempo todo. Eu louvo ao Senhor, posso confiar nele. Eles são os melhores. Estou tão animado para ir para o céu. Eu nunca vou me machucar e nunca vou conseguir um ponto. E ele morreu na cruz por mim. Ele salvou minha vida. “

Rev Greaves disse que toda a comunidade está “abalada” após sua morte, mas acrescentou que a família de Samuel está sendo cercada por pessoas de apoio.

Ele disse que a mãe de Samuel, Cat, pediu que os cristãos orassem “por um reavivamento do espírito de Deus” em sua cidade após a morte de seu filho. Cat também informou que a morte de Samuel já “trouxe um membro da família para Cristo”.

Na terça-feira, a polícia de Gwent disse que o motorista de microônibus, um homem de 45 anos de Gloucester, foi preso por suspeita de causar morte por dirigir descuidado