Mãe louva a Deus por seu bebê de 22 semanas deixar o hospital

Bebê de 22 semanas volta para casa após 307 dias no hospital

Mãe louva a Deus por seu bebê de 22 semanas deixar o hospital
Mãe agradece a Deus por seu bebê de 22 semanas deixar o hospital

Nascido com apenas 22 semanas de gestação o bebê Kresten, deixa o hospital após 307 dias, quando o bebê nasceu pesava apenas um quilo e era tão pequeno que cabia na mão de sua mãe. Seus mamilos e unhas ainda não haviam se formado.

Segundo os médicos, Kresten, poderia ter tido sangramentos cerebrais. Ele poderia ter tido isso e mais algumas complicações, felizmente, não teve um grande sangramento cerebral, disse sua mãe Jennifer, à ABC Action News.

+ Bebê acorda do coma após 7 meses e sorri para o pai

É raro um bebê nascido antes das 23 semanas sobreviver, apenas um em cada sete bebês nascidos às 22 semanas sobrevivem, mas Kresten logo mostraria ao mundo que superaria as probabilidades.

Jennifer, que teve problemas com um colo do útero incompetente no passado, sabe como é perder um filho. Ela já havia dado à luz dois bebês, que nasceram muito cedo devido ao seu problema e não conseguiram.

A jornada de Kresten para se recuperar foi longa e difícil, a certa altura os médicos pensaram que ele não conseguiria.

“Houve um período em sua vida que ele ficou muito doente, que todos pensávamos que ele não conseguiria”, disse Thais Queliz à Fox5.

Nos últimos dez meses, Kresten foi forçado a passar por três cirurgias. Uma delas foi muito arriscada segundo o site Newsner, pois os médicos precisavam fazer mais uma cirurgia para fechar um buraco no pequeno coração de Kresten.

Durante os momentos mais difíceis, Jennifer até se despediu. – Só lembro da enfermeira dizendo para segurá-lo, porque essa pode ser a última vez com isso … e olhe para ele agora – disse Jennifer.

Mas, felizmente, tudo correu bem e Kresten milagrosamente se recuperou melhor do que se poderia imaginar. Disse sua mãe Jennifer.

Depois de passar a vida inteira no Hospital Winnie Palmer em Orlando na Flórida, o pequeno bravo lutador de comitê voltou para casa no início desta semana.

A jovem mãe, agradece a Deus e se sente abençoada: “É tão incrível que nos sentimos tão abençoados, continuamos louvando a Deus para Ele continuar a ajudar Kresten a crescer ”, disse Jennifer Mason.