Jovem cria “armário de oração” para orar pelos colegas na escola

Jovem cria armário de oração para orar pelos colegas na escola
Jovem cria “armário de oração” para orar pelos colegas na escola

A jovem estudante Brianna Farris do Alabama nos EUA, inspirada pela sua fé cristã teve ideia de criar o “armário de oração” para oferecer orações aos seus colegas de classe na escola Pell City High School.

A adolescente Brianna, 16 anos, disse em entrevista à Fox News, que qualquer pessoa em sua escola que precise de um impulso espiritual pode colocar uma nota em seu “armário de oração”. No final do dia, ela lê cada pedido de oração e ora pelos seus colegas.

“Eu simplesmente senti que precisava fazer isso”, disse Brianna à Fox & Friends. “Senti que a nossa escola precisava disso e senti que algo estava me levando a fazer isso. Então eu apenas fiz”.

Segundo a jovem, seu armário de oração é inspirado em outras escolas, está localizado na parte de fora da biblioteca. Os pedidos podem ser anônimos.

+ Pobreza na China, jovem estudante morre de fome sem ajuda

A jovem disse que recebeu pedidos de oração dos estudantes que queriam que ela orasse por várias causas, por sua mãe doente, ajudá-los a passar em um teste, obter o apoio de Deus para o time de futebol ou conseguir um emprego para um amigo.

Ainda de acordo com a adolescente, embora a reação à sua iniciativa tenha sido boa, houve alguns críticos.

“Antes de começar, minha diretora disse: ‘Agora vou avisar: você pode receber cartas ruins ou algo assim’. E eu fico tipo: ‘Isso vai beneficiar as outras pessoas mais do que me machucar, então eu vou em frente’, disse Brianna.

“E eu recebi algumas cartas ruins”, admitiu a estudante. “Eu apenas oro pelas pessoas que colocam seus comentários lá”.

O presidente Trump, segundo notícias da mídia americana, deve marcar o Dia da Liberdade Religiosa, assinando uma ordem executiva que expande a “oração institucional ” nas escolas públicas dos Estados Unidos.

Farris gosta da ideia. “Acredito que alunos e professores se respeitarão mais”, disse ela.