Cantora gospel fala da emoção em cantar no Réveillon do Rio

A cantora foi a única do segmento gospel se apresentar no réveillon carioca

Cantora gospel fala da emoção em cantar no Réveillon do Rio
Cantora gospel fala da emoção em cantar no Réveillon do Rio

A cantora gospel Anayle Sullivan, se apresentou no Réveillon do Rio de Janeiro na praia de Copacabana, após ser liberada para cantar no show, por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, nesta segunda-feira (30).

O show da cantora havia sido suspenso pela Justiça do Rio de Janeiro em 19 de dezembro, a pedido da Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (Atea), “a fim de assegurar o caráter laico do Estado”.

Após fazer sua apresentação no show, a cantora Anayle Sullivan, usou as redes sociais para falar da emoção em poder cantar no Réveillon do Rio de Janeiro na orla de Copacabana, para milhares de pessoas que foram comemorar a virada do ano.

A cantora foi a única do segmento gospel se apresentar no réveillon carioca, na rede social escreveu: “Queridos, dividindo com todos vocês este momento lindo de louvor no palco Copacabana, no Réveillon do Rio de Janeiro para recebermos nosso ano de 2020”, disse a esposa do músico Michael Sullivan.

Show da cantora gospel Anayle Sullivan, no réveillon de Copacabana no Rio de Janeiro
Show da cantora Anayle Sullivan, no réveillon de Copacabana no Rio de Janeiro

Anayle abriu a programação oficial de shows no palco principal, cantou a canção de sucesso de “Porque Ele Vive” e outras do repertório. Em seguida, artistas seculares como Ferrugem, Diogo Nogueira, continuaram a programação.

Ela também agradeceu a Deus pela vitória e oportunidade, com uma mensagem de fim de ano para os seguidores: Obrigada Senhor! Gratidão por este momento, onde sou mais uma missionária sua. Feliz ano novo! Escreveu a cantora no Facebook.