Vereadora é detonada ao questionar “Por que Jesus não poderia ser gay?”

Vereadora é detonada ao questionar Por que Jesus não poderia ser gay?
Vereadora revolta ao questionar: “Por que Jesus não poderia ser gay?

A vereadora de Salvador Aladilce Souza (PCdoB), foi detonada ao questionar “Por que Jesus não poderia ser gay?”, durante moção de repúdio em sessão da Câmara nesta quarta-feira (18), no Plenário.

A pergunta da vereadora esquerdista, foi feita em resposta à colega de tribuna a vereadora Cátia Rodrigues (PHS), que, havia usado a tribuna para criticar os vereadores que votaram contra uma moção de repúdio contra o especial de Natal do Porta dos Fundos – Aladilce entre eles.

O especial de Natal do grupo Portas do Fundo, tem causado polêmica por ter representado Jesus como homossexual. Um abaixo-assinado com mais de 1.8 milhões de assinaturas pede a remoção do filme do catálogo da Netflix.

A vereadora, defendeu seu voto contra a moção que acabou sendo aprovada, terminando sua fala com a polêmica pergunta. Os vereadores, a maioria deles homens e ligados à igreja evangélica, levantaram-se exaltados e passaram a criticar a colega.

Outros vereadores também se indignaram com Aladilce, alguns chamaram a provocação de “canalhice”. “Chamar Jesus de bicha? Isso é uma falta de respeito”, bradou Sérgio Nogueira (PSDB). Ligado à bancada evangélica.

O vereador Joceval Rodrigues (PPS), foi enfático e pediu “respeito a fé dos outros”. Líder do governo, Paulo Magalhães Jr. (PV), também se manifestou contra: “É de chorar todos nós”.

Em entrevista portal, A TARDE, Aladilce Souza, se explicou afirmando que não teve intenção de desrespeitar ninguém. “Vejo todas as pessoas, sejam gays ou héteros, com o mesmo valor. Cristo pregava amar todas as criaturas da mesma forma”, defendeu.