Pastor morre eletrocutado em igreja evangélica de Manaus

O pastor segurava o equipamento quando sofreu uma descarga elétrica

Pastor morre eletrocutado em igreja evangélica de Manaus
Pastor morre eletrocutado pregando em igreja evangélica de Manaus

O pastor Marcos Antônio Laurencio de Araújo, de 47 anos, morreu eletrocutado na última quinta-feira (26) em uma igreja evangélica em Manaus, enquanto pregava durante um culto na Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste.

Segundo informações da irmã da vítima, Gerlane Araújo, de 36 anos, chovia muito na hora do incidente, e seu irmão estava na igreja junto à sua esposa também, quando ocorreu uma queda de energia. Ele segurava o equipamento. Quando voltou, caiu a descarga elétrica no microfone e ele foi eletrocutado com o choque”, explicou ela ao G1.

A cena foi presenciada pelos membros da igreja evangélica, que disseram que a esposa da vítima tentou socorrê-la, mas também chegou a tomar um choque, segundo informações de familiares. Além de pregador, Marcos trabalhava como pedreiro.

O pastor Marcos foi socorrido para a unidade hospitalar da Colônia Antônio Aleixo, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com familiares, o pastor morre deixando uma filha e uma neta.

A família se pronunciou, lamentando o ocorrido, mas confessa que está confortada. “O que nos deixa confortados, é que ele morreu pregando a palavra de Deus e não estava em bar, usando drogas ou fazendo algo errado.

Segundo os membros da igreja, a palavra que pastor estava pregando antes dele ser morto eletrocutado pelo microfone, foi um versículo do livro de Mateus: ‘Vinde a mim, todos os que estão cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei’. Ele deixou a mensagem”, disseram.

O corpo do pastor foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). O velório aconteceu na casa da mãe dele, na Zona Norte de Manaus.