Milhões de pessoas estão famintas por Bíblia na África

Milhões de pessoas estão famintas por Bíblia na África
Milhões de pessoas estão famintas por Bíblia na África

Segundo à World Missionary Press, milhões de pessoas estão famintas para poder ter um exemplar da Bíblia Sagrada na África, são mais de 126 milhões de pedidos de Bíblias, com maioria em países do continente africano.

De acordo com à organização internacional de impressão de Bíblias, e livretos das Escrituras com 48 páginas em mais de 345 idiomas, eles não conseguem atender a todos os pedidos da Palavra que chegam à organização.

A World Missionary Press, atende principalmente 56 países e produz quase sete milhões de folhetos por mês, que são enviados gratuitamente.

Helen Williams diz que “há uma fome crescente pela Palavra de Deus” e que “dia após dia” ela recebe pedidos de igrejas africanas em crescimento.

“Tenho um e-mail de um homem na Zâmbia dizendo: ‘Precisamos de alimento espiritual aqui. Tenho cinco igrejinhas no vale 473 pessoas, há uma tremenda fome pela Palavra e preciso da sua ajuda”, Disse Helen à Chvn Radio.

Helen diz que Zâmbia não é o único país em necessidade. O WMP recebeu solicitações de dois dos maiores campos de refugiados da África com movimentos crescentes da igreja. Ela diz: “eles estão ansiosos para compartilhar Jesus com os outros”.

As igrejas nigerianas também anseiam por mais folhetos. Helen diz que “não podemos manter a Nigéria satisfeita!”

O WMP explica que não é tão fácil enviar a Palavra para esses países e diz está ciente de que muitas nações do norte da África são cautelosas e violentas em relação ao cristianismo e que também há falta de proteção para os missionários nesses países.

“Os fiéis de origem muçulmana costumam ser excluídos de suas famílias e enfrentam ataques ou até a morte quando se convertem ao cristianismo”, diz à organização.

A missionária Helen diz que, embora existam dificuldades e perigos, “estamos vendo que há um lugar para a Palavra ser apresentada e considerada e então você a deixa para a obra do Espírito. Damos a eles a Palavra de Deus que o Espírito usa porque o Espírito reconhece e sabe lidar com a fome no coração.”

Ela pede que os cristãos “orem pela segurança dos embarques e pela liberação. Pois está se tornando mais difícil em alguns desses países africanos, devido aos novos regulamentos e dificuldades na infraestrutura”.

“Oramos por aqueles que o receberão a Bíblia, que o trabalho do Espírito seja realizado e que as pessoas respondam ao que leem. Ore para que os crentes sejam fundamentados e tenham uma fé mais firme”, pede Helen.