Michelle Bolsonaro e Damares irão se encontrar com papa Francisco

O Itamaraty confirmou a viagem da primeira-dama Michelle Bolsonaro à Roma

Michelle Bolsonaro e Damares vai se encontrar com papa Francisco
Michelle Bolsonaro e Damares vão se encontrar com papa Francisco

A primeira-dama Michelle Bolsonaro e ministra Damares Alves, viajaram para a Itália e vão se encontrar com o papa Francisco na sexta-feira (13), convidadas pelo Vaticano.

A presença da primeira-dama e da ministra foi confirmada por diplomatas do Itamaraty, e pela coordenadora técnica da Alma, a diplomata paraguaia Leticia Casadi, e pela equipe da ministra Damares.

O líder da igreja católica o papa Francisco, irá discutir temas abordados pelo Alma (Aliança das Primeiras-Damas Latino-Americanas), lançado em setembro e liderado por por Silvana Abdo, esposa do presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez.

As primeiras-damas do Paraguai e Colômbia, também foram convidadas pelo Vaticano para se encontrar com o papa Francisco.

O Itamaraty confirmou a viagem da primeira-dama Michelle Bolsonaro, juntamente com a ministra Damares, para Roma – nos dias 12 e 13 de dezembro, sem dar detalhes sobre os compromissos.

Segundo reportagem da BBC News Brasil, um assessor próximo à ministra Damares, uma das principais personalidades evangélicas do país, disse à reportagem que a ministra está animada para o encontro com o líder católico.

“Muita gente vai estranhar que ela, evangélica, vá se encontrar com o líder da Igreja Católica. Mas o que se esquecem é que a Damares tem uma relação excelente com várias áreas e membros da Igreja Católica, principalmente por sua atuação pró-vida, na defesa dos bebês e contra o aborto”, disse.

Além do encontro com o papa Francisco, o grupo de primeiras-damas e a ministra Damares também se encontrarão com o diretor interino da (FAO) Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, em Roma.

2 COMENTÁRIOS

  1. Sem dúvida é um trabalho de boas relações digno do Itamarati, apenas penso que vão perguntar alguma coisa e deixar o homem embaraçado, o que por certo, já foram instruídas a não fazê-lo. Para mim o grande problema é a união do Sr. Francisco com a ONU para um só governo mundial e coisas correlatas, como dinheiro único, banco único e etc. Quanto à religião única, nada a discutir, não acontecerá. A equalização dos habitantes da terra terá que varrer milhões de pessoas até nivelar somente 500 milhões: a China a India e África serão terrivelmente atacados com a despovoação, as Américas também. A equalização econômica vai varrer Pobres, Negros e Idosos. Será dificil para o Sr. Francisco explicar porque vai estar ao lado da selvageria planejada desdo o ano 1700.Por isso mesmo,nada lhe será dito e nem perguntado. Salve o Brasil, celeiro do mundo catastrófico que virá. Save as Primeiras damas e a Senhora Ministra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui