Como alcançar pessoas para Cristo, sem sair de casa

Como alcançar pessoas para Cristo sem sair de casa
Como alcançar pessoas para Cristo, sem sair de casa

Com a tecnologia atual, você pode alcançar pessoas para Cristo a qualquer momento, sem sair de casa. A Internet com as novas tecnologias como inteligência artificial e entre outras, fornecem maior conectividade global, eficiência e acesso à informação.

No entanto, essas ferramentas também podem ser uma porta de entrada para exploração de dados, vigilância invasiva e todo tipo de crime cibernético. O especialista em segurança cibernética Matthew Rosenquist, e evangelista virtual explica:

Todos os sistemas conectados modernos podem ser manipulados, independente de serem de consumo, comercial ou industrial. Se a tecnologia é um dispositivo, componente ou serviço digital, os hackers têm demonstrado enfrentar o desafio e encontrar maneiras de comprometer, usar indevidamente ou impactar a disponibilidade dos sistemas conectados.”

Essas ferramentas não são boas ou más em si mesmas. Para Mark Kordic, da Aliança para os Não Alcançados, a tecnologia digital possui um tremendo potencial para evangelização. “Como cristãos, somos responsáveis ​​por responder às necessidades dos não alcançados nos confins da terra”, diz Kordic.

“Nesta era da tecnologia, da colaboração, podemos fazer a diferença de onde estamos agora.” Segundo dados levantados pelo ministério de evangelismo virtual de Kordic, 5 em cada 6 pessoas no mundo, não têm oportunidade de ouvir o evangelho.

Jesus em Sua Grande Comissão disse: “vá e faça discípulos de todas as nações.” Kordic diz que cerca de dois bilhões de pessoas nunca ouviram falar de Jesus ou do Evangelho, e esse número de não alcançados continua aumentando com a população mundial, explica ele.

Estamos fazendo a maior incursões na história da Igreja para alcançar os não alcançados, porém, mais pessoas estão nascendo em comparação com a quantidade de pessoas que estamos alcançando. Explica.

Para reverter essa tendência, Kordic diz que algo precisa mudar. “Pare de fazer as coisas sozinho”, ele costuma sugerir aos colegas líderes do ministério. “Devemos colaborar com outros indivíduos com ideias semelhantes, igrejas com ideias semelhantes e organizações de missões com ideias semelhantes.”

Com 15 membros fundadores servindo em vários campos missionários em todo o mundo, a Aliança para os Não Alcançados, é um passo nessa direção. Muitos estão procurando se unir aos crentes de maneira digital. Para saber mais sobre a Aliança aqui.

Deus pode não estar chamando você para servir no exterior. No entanto, se você possui e usa um smartphone, endereço de e-mail ou uma conta do Facebook, pode ajudar grupos de pessoas não alcançadas a ouvir e ver o Evangelho.

Comece compartilhando este artigo em sua rede social favorita, e convide seus amigos para aprender mais sobre grupos de pessoas não alcançadas. A Aliança possui muitos recursos “compartilháveis” aqui para alimentar futuras postagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui