Pastor deficiente leva centenas de pessoas a Jesus, usando patinete

Estes são meus pés, isso é transporte, então não há limitação para eu levar a Palavra de Deus

Pastor deficiente leva centenas de pessoas a Jesus, usando patinete
Pastor deficiente leva centenas de pessoas a Jesus, usando patinete

Mesmo deficiente, o pastor não permitiu que sua deficiência o impedisse de responder ao chamado de Deus em sua vida, e levar pessoas a Jesus. Natural do México, o pastor Jose Benitez, é deficiente desde seus dois anos de idade após ter contraído poliomielite, nunca conseguiu andar.

Durante boa parte de sua vida, mesmo sendo um pastor deficiente, Benitez tem se arriscado ao longo dos anos para fazer uma caminhada de seis horas pelas montanhas até a vila de La Laguna, para testemunhar aos povos indígenas que vivem lá.

Depois de anos viajando para cima e para baixo da montanha para pregar e não ver muito fruto de seus trabalhos na área perigosa, o pastor decidiu adotar o projeto de evangelização da Samaritan’s Purse, Operação Natal Infantil na vila, o que resultou em quase uma centena de crianças aceitando Jesus como o Senhor deles.

As crianças, por sua vez, tornaram-se pequenos evangelistas de suas casas evangelizando suas famílias, com todos presentes na cerimônia de dedicação da igreja de La Laguna.

Então, quem é esse homem disposto a arriscar sua vida e ir para as montanhas para ganhar almas em nome de Jesus?

Enquanto estava em La Laguna o The Christian Post, sentou-se com Benitez para aprender mais sobre sua vida e uma jornada corajosa para fazer discípulos em uma região do mundo para a qual a maioria das pessoas não gostaria de ir.

“Passaram 42 anos antes de eu receber Jesus em meu coração”, disse Benitez sobre seu passado. Antes de vir a Deus, ele admitiu viver uma vida de embriaguez enquanto viajava pela cidade com um grupo de músicos.

“Deus mudou minha vida”, declarou ele sobre sua transformação.

O pastor, que usa um patinete por não poder usar as pernas, voltou à fé depois de ouvir um evento evangelístico em Tequila. Ele se lembrou de ouvir uma menina cantando a letra “Eu tenho um amigo que me ama e meu amigo é Jesus Cristo”. Essas palavras o obrigaram a renunciar à sua vida e ser batizado.

O Senhor me disse eu quero você aqui em Jerusalém, na minha vizinhança, você começará a trabalhar lá, lembrou Benitez. Então, depois de ouvir de Deus, ele começou a evangelizar e bater às portas.

Este é um chamado. Vi muita necessidade na minha cidade e disse: “Deus, quero proclamar a Sua Palavra, envie-me, e aqui estou. Há muitas famílias, muitas crianças que já ganhei para Jesus Cristo, ao logo da minha vida”, testemunhou.

Depois de ministrar por algum tempo de porta em porta, ele recebeu um programa de rádio de meia hora que alcançou muitas cidades, e até as pessoas que moravam nas montanhas. Foi o show dele que chegou à vila de La Laguna, que na época ele descreveu como um lugar violento, com armas, assassinatos e drogas.

Ele recebeu uma carta de uma mulher local em La Laguna chamada Eusebia, dizendo que seu programa de rádio a levou à fé em Cristo, e ela queria que Benitez fosse visitar sua vila e pregar à comunidade, porque ninguém havia ouvido falar de Jesus. Naquela época, porém, ele não tinha um veículo capaz de subir e descer os terrenos difíceis da montanha.

No entanto, Deus respondeu às orações de Eusébia e logo após a solicitação da carta, o pastor recebeu um milagre.

“O Senhor providenciou um caminhão. Ele chegou na frente da minha igreja. Eu não conhecia essa pessoa, mas Ele recebeu uma palavra do Senhor e disse que eu traria este caminhão. Então ele foi embora e até hoje eu não sei. quem ele era”, disse Benitez. ” Por meio daquele caminhão, eu pude chegar a esse caminho.”

Eusébia não pode acreditar no que o Senhor fez em sua aldeia e disse que estava feliz por tantas pessoas participarem da dedicação da igreja.

Quando perguntado sobre ele ser um pastor deficiente com a incapacidade de andar e se ele se sentiu limitado por isso, Benitez chorou ao contar sua infância.

“Eu não conhecia meu pai ou minha mãe [quando criança], eles morreram, então não havia recursos para eu procurar um médico. Não havia vacinas. Então, eu cresci com esse desafio físico. Eu costumava rastejar para conseguir ir por aí ”, compartilhou o homem de fé.

Ele acabou sendo presenteado com um patinete por um político local que o viu engatinhar e, desde então, usa o veículo para se locomover.

“Estes são meus pés, isso é transporte, então não há limitação para eu levar a Palavra de Deus”, declarou Benitez.

O fiel seguidor de Cristo, visitou a vila de La Laguna por muitos anos antes de ver qualquer fruto surgir dos moradores de lá, com exceção de Eusébia e sua família.

Atualmente, pastor Benitez é um parceiro da Samaritan’s Purse, organização cristã de ajuda humanitária. Ele decidiu se tornar um parceiro do ministério para ajudar melhorar a vida das crianças e dos moradores da remota vila.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui