Multidão abandona a bruxaria e se entregam a Cristo na Uganda

Musico cristão liberta vila da bruxaria na Uganda

Multidão abandona a bruxaria e se entregam a Cristo na Uganda
Multidão fazem fila para o batismo após abandona a bruxaria e se entregar a Cristo na Uganda

Um músico cristão que foi milagrosamente curado de insuficiência renal, levou uma multidão abandonar a bruxaria e entregar suas vidas a Cristo, em uma região onde a feitiçaria é uma prática atual em Uganda na África.

Ezra Baagala realizou uma cruzada e conferência evangélica na vila de Makokoto, Bukuya Subcounty, distrito de Mubende, com sua equipe de missão de 11 a 15 de novembro de 2019.

“Após minha cura em 2018, iniciei um ministério de evangelismo chamado ‘Missão ao Céu’. Atualmente, estamos fazendo cruzadas, conferências e pernoites nas igrejas que nos convidam”, disse Baagala ao Uganda Christian News.

No entanto, desta vez, decidi levar essa missão para minha aldeia natal, porque essas pessoas me viram quando eu estava doente. Explicou.

A vila foi capturada por bruxaria, mas todos foram libertados. “Mais de 40 pessoas foram salvas e batizamos pelo menos 28 delas”, disse Baagala.

“Sempre parecia que ia chover no local das cruzadas, mas com a oração, não”, disse Luke Kisaka, um dos membros da Missão.

Baagala e sua equipe conseguiram batizar novos crentes
Baagala e sua equipe conseguiram batizar novos crentes

Baagala explicou que, na vila de Makokoto, a bruxaria há muito tempo está na ordem do dia, com efeitos negativos vívidos nas famílias em que ainda floresce.

A atmosfera espiritual era dominada pela bruxaria. Muitos bêbados. Um deles derramou licor em nosso equipamento de som. Este foi um desafio. Tivemos que mandar chamar outro mixer de Kampala. A vila tem igrejas, mas percebemos que muitas estavam ficando “frias” devido à opressão demoníaca. Nossa visita trouxe avivamento”, disse ele.

“Das pessoas que deram suas vidas a Cristo, muitos objetos de bruxaria foram entregues para serem queimados, eles acreditavam ter poderes sobrenaturais.” Esperamos voltar para um acompanhamento, disse ele.

O Uganda Christian News relatou em 2017 como vários artistas cristãos anunciaram uma campanha destinada a arrecadar fundos para Ezra Baagala que foi diagnosticado com insuficiência renal, os órgãos direito e esquerdo estavam prestes a fechar, e os médicos o encaminharam para a África do Sul.

A doença de Ezra começou em dezembro de 2016, no entanto, não recebeu tratamento até janeiro de 2017, quando ele foi fazer um exame médico no Hospital Mengo em Kampala.

Um movimento milagroso de Deus, como ele revelou durante uma entrevista com este site, paralisou a campanha quando meses depois o cantor foi a um exame médico para retornar com um relatório confirmando dois rins saudáveis, sem vestígios de infecção.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui