Jovem cadeirante é atingido por raio enquanto lia à Bíblia, e sobrevive

Jovem cadeirante é atingido por raio enquanto lia à Bíblia, e sobrevive
O jovem cadeirante Nick Williams, deixou o hospital acompanhado de sua família (Foto: Jackson Health System)

Nick Williams, um jovem cadeirante de 28 anos, que está vivo pode se dizer por um milagre, depois de ser atingido por raio enquanto lia à Bíblia, em sua cadeira de rodas em baixo de uma árvore, na Flórida nos (EUA).

Na quinta-feira (7), cerca de três meses após sua experiência desafiadora, Nick Williams, ao deixar o Hospital com sua família, disse à imprensa: “Sou grato por estar vivo, seguir em frente e seguir em frente”.

Williams disse que nunca lhe passou pela cabeça quando saiu de casa em Pompano Beach, em 4 de agosto para “tomar um ar fresco” de que sua última lembrança seria estar debaixo de uma árvore, na mesma rua da sua casa, com o telefone e ser atingido por raio.

Aplicativo da Bíblia aberto. “Eu estava lendo e orando e depois não estava”, disse ele.

Quando o Dr. Nicholas Namias o viu, Williams, disse que ele não respondia, e respirava com ajuda de aparelhos, e mostrava sinais neurológicos de que não se recuperaria. “Ele estava muito mal na UTI”. A recuperação de Williams não foi fácil. Disse Namias, chefe de trauma do Ryder Trauma Center.

Ele ficou em coma por quase uma semana imediatamente após ser atingido pelo raio, teve pneumonia e estava respirando e alimentando por tubos há semanas. Ele também tinha marcas de queimadura em sua cadeira de rodas, que os raios haviam incendiado, disse Emily Netter, sua noiva.

“Foi uma batalha difícil, mas estou feliz por ter sido corrido e atendido pelo, Jackson Memorial Hospital. Eu tive que lidar com certos problemas relacionados à memória, adaptando-me à vida normal, mas fui bem cuido no hospital.” Disse Williams.

O acidente de 2008 o deixou o jovem paralisado do peito para baixo. Antes do acidente, ele jogava vôlei no time de ensino médio da Cardinal Gibbons High School, em Fort Lauderdale, onde agora é professor substituto.

Duas vezes em nossa vida, ouvimos médicos dizerem que não parece bom, disse sua mãe, Donna Pappas. “Sim, eu sei que tínhamos uma equipe de médicos tremendos, mas ele é abençoado por ser capaz de combater esse tipo de adversidade.” Seus médicos o chamam de “um milagre”.

Sua família acredita que a fé teve um papel importante em sua sobrevivência. Williams estava usando uma cruz, como sempre fazia, no dia em que foi atingido por um raio. A corrente havia derretido em seu pescoço, deixando marcas que lentamente começaram a desaparecer. Era uma marca da cruz em sua pele, disse sua mãe.

“Eu sempre tive fé no Senhor”. Acidente de carro, atingido por um raio agora, enquanto estiver vivo, posso lidar com o que estiver surgindo através do amor de minha família e amigos.” disse Williams.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui