Índia: Igreja incendiada, pastor espancado e cristãos sob vigilância

Índia: Igreja incendiada, pastor espancado e cristãos sob vigilância
Índia: Igreja incendiada, pastor espancado e cristãos sob vigilância (Foto: Morning Star News)

A polícia do estado de Tamil Nadu, no sul da Índia, colocou várias igrejas domésticas em casas de cristãos, sob vigilância para interromper os cultos, além de uma igreja incendiada e um pastor ser espancado, tudo isso violando a constituição secular do país, disseram fontes.

A polícia disse às congregações para parar o culto em casas de três cidades na região, e também em várias outras aldeias do distrito de Tiruppur, relatou o Rev. Vijaya Kumar, do Sínodo das Igrejas Pentecostais, ao Morning Star News.

Cristãos sob vigilância

Estamos passando por um momento difícil, há uma imensa pressão da administração policial no distrito de Tiruppur, de que os cristãos não podem se reunir para orar, mesmo dentro das quatro paredes de suas “casas”.

Os pastores dessas pequenas igrejas foram obrigados pedir permissão às autoridades do distrito para realizar serviços de oração. Disse o pastor Kumar.

Os tribunais da Índia sustentam que não é necessário permissão para cultuar em casas, disse Nehemiah Christie, coordenador estadual do Tamil Nadu do grupo de defesa jurídica, Alliance Defending Freedom (ADF) na Índia.

Esse nível de oposição de funcionários do governo, está minando os valores secularistas inscritos na constituição indiana, e pode levar à privação do direito e liberdade dos cristãos de praticar sua fé. O que já e confirmado em vários julgamentos proferidos pelos tribunais superior, disse Christie.

Um cristão no distrito de Coimbatore, que usou sua casa para cultos, foi proibido de realizar as reuniões, por se recusar a obter permissão sob o estatuto de Regras de Construção do Estado, ele apresentou uma petição ao Tribunal Superior de Madras em junho.

O juiz PD Audikesavalu sustentou que “a questão de exigir que o pastor obtenha permissão prévia das autoridades para montar e realizar orações na morada, sem causar incômodo ou perturbação a outras pessoas e sem causar impedimento ao público”.

Seu impacto é visto visivelmente, hindus não querem alugar suas casas para cristãos e orações cristãs, em particular. Se, após grandes esforços e buscas, um cristão conseguir encontrar um lugar para morar, os grupos extremistas hindus naquela área alertariam os policiais a revistar suas casas e interromper as orações.

Pastor espancado

A perseguição de cristãos em Tamil Nadu se espalhou, violência contra os cristãos no estado continua, incluindo um ataque durante um culto para consagrar a nova casa de um membro da congregação.

O incidente aconteceu no distrito de Cuddalore, uma multidão com cerca de 30 extremistas hindus armados com paus, espancaram o pastor Paul e 13 outros cristãos, no último dia 29 de setembro, durante a consagração na nova casa do cristão, Lakhsmi Narayanan.

Igreja incendiada

No distrito de Villupuram, uma igreja de telhado de palha na vila de Radhapuram, foi vítima de incêndio criminoso há dois meses atrás depois que a congregação recebeu uma carta de ameaças, disseram fontes.

A igreja foi incêndiada no último dia 30 de setembro. O pastor Arputharaj, 35, chegou ao local em 20 minutos depois de receber um telefonema em sua casa a cerca de 1,6 km de distância, da igreja.

Quando cheguei, já havia terminado, era uma construção de madeira com um telhado de palha de folhas de coco, não demorou muito tempo para o fogo se espalhar. Quem fez isso deve ter observado de perto nossos movimentos, disse o pastor.

A Índia está classificada em 10º lugar na lista de perseguição mundial da organização de apoio cristão Portas Abertas, de 2019, dos países onde é mais difícil ser cristão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui