Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida

O tema deste ano foi, “Perseguida, mas não abandonada”.

Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida
Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida (IDOP)

Várias igrejas em todo o mundo se reúnem para o “Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida”, realizado pela Aliança Evangélica Mundial. O evento aconteceu neste domingo e acontece novamente no próximo dia 10 de novembro, o tema deste ano foi, “Perseguida, mas não abandonada”.

Os organizadores do IDOP, “Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida”, publicaram um vídeo, conclamando os cristãos de todo o mundo a unir em oração pelos irmãos e irmãs perseguidos, no início deste mês.

O vídeo retrata muitos exemplos de perseguições aos cristãos, incluindo os atentados no Sri Lanka, a violência na Nigéria e as repressão a igrejas na Argélia. Muitos dos personagens são desconhecidos, e contam sobre a perseguição que enfrentam ao redor do mundo. “Tudo porque eles levam o nome de Jesus.”

O diretor executivo da Comissão de Liberdade Religiosa da WEA, Godfrey Yogarajah, diz em um comunicado, que com o tempo, o IDOP, serviu como uma plataforma para destacar as histórias de cristãos perseguidos e mobilizar a Igreja global para responder à sua situação.

Além disso, o IDOP também tem sido uma fonte de solidariedade e encorajamento para os cristãos perseguidos, lembrando-os de que eles fazem parte de uma família global maior de crentes”, acrescentou Yogarajah.

Vamos orar para que, apesar da perseguição, nossos irmãos e irmãs que sofrem onde quer que estejam no mundo, permaneçam firmes em sua fé, apeguem-se às promessas de Deus e vivam vitoriosamente em Cristo. Pede Godfrey.

De acordo com o Portas Abertas USA, um grupo de vigilância de perseguição cristã que ajuda a promover o IDOP, a pesquisa indica que mais de 245 milhões de cristãos, são perseguidos por sua fé em todo o mundo.

Hoje são 1 em 9 cristãos no mundo, explicou o Portas Abertas. “O Portas Abertas convida indivíduos, grupos e igrejas a participar do Dia Internacional de Oração, baixando guias de leitura, vídeos, resumos de sermões, e outras ferramentas disponibilizadas a cada ano.”

Para este ano, o Portas Abertas colocou um foco especial na Índia, nação que atualmente ocupa o número 10 na sua Lista ‘Mundial de Vigilância Mundial’ dos piores perseguidores de cristãos.

Desde que o atual partido no poder assumiu o poder em 2014, os ataques aumentaram e os radicais hindus acreditam que podem atacar cristãos sem consequências. Como resultado, os cristãos são alvo de extremistas nacionalistas hindus cada vez mais a cada ano, explicou o grupo.

Os convertidos ao cristianismo do hinduísmo, suportam o peso da perseguição cristã na Índia e estão constantemente sob pressão do estado, de sua comunidade e de suas famílias para retornar ao hinduísmo.

A Voice of the Martyrs, outra organização de vigilância de perseguições, enviou um vídeo para o YouTube em agosto para destacar o IDOP. O vídeo apresenta uma entrevista com um evangelista anônimo da Coreia do Norte, que compartilhou o Evangelho dentro da ditadura comunista isolada.

Filmado na Península Coreana, o filme conta a verdadeira história do pastor Han, assassinado por agentes norte-coreanos na China por causa de seu trabalho evangélico eficaz entre os norte-coreanos, afirmou Voice of the Martyrs.

A história é contada pelos olhos de um dos discípulos do pastor Han, Sang-chul, um homem que seguiu os passos de seu mentor, continuando a compartilhar o evangelho com os norte-coreanos, apesar do perigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui