Estado Islâmico confirma a morte de Baghdadi e anuncia sucessor

Estado Islâmico confirma a morte de Baghdadi e anuncia sucessor
Estado Islâmico confirma a morte de Baghdadi e anuncia sucessor

O Estado Islâmico confirma a morte de seu fundador e líder Baghdadi, e anuncia sucessor, o braço de propaganda do grupo “jihadista”, disse nessa quinta-feira (31), que o novo líder é uma figura desconhecida, porém muito aclamado pelos seguidores.

Em uma mensagem de áudio divulgada através de sua operação central de mídia, o novo porta-voz do grupo anunciou que o sucessor de Baghdadi é um homem chamado Abu Ibrahim al-Hashimi al-Quraishi. Ele é uma figura amplamente desconhecida fora dos círculos do ISIS e é aclamado na mensagem como “Emir dos Crentes” e “Califa” do suposto califado do grupo.

No anúncio, Baghdadi e o ex-porta-voz do ISIS Abu al-Hassan al-Muhajir foram elogiados como “mártires”.

O anúncio do ISIS ocorreu quatro dias depois que o presidente Trump disse em uma entrevista coletiva na televisão nacional que as forças americanas levaram o líder terrorista número um do mundo à justiça, segundo o NPR.

Também ocorreu menos de 24 horas depois que o chefe do Comando Central dos EUA, general Kenneth “Frank” McKenzie Jr., divulgou vídeo do ataque no noroeste da Síria que resultou na morte de Baghdadi e outros cinco combatentes do ISIS.

McKenzie ofereceu novos detalhes sobre a operação contra Baghdadi e alertou que as autoridades americanas estão se preparando para “alguma forma de ataque de retribuição”.

“Não temos ilusões de que o [ISIS] vai desaparecer só porque matamos Baghdadi”, disse McKenzie a repórteres em um briefing de quarta-feira.

Ele acrescentou que o ISIS pode ficar “um pouco desconectado” por um período. “Eles serão perigosos. Suspeitamos que eles tentem alguma forma de ataque de retaliação e estamos posicionados e preparados para isso”, disse McKenzie.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui