Cristãos são presos em Londres durante protestos sobre crise climática

Mais de 500 pessoas foram presas como resultado dos protestos climáticos

Cristãos são presos em Londres durante protestos sobre crise climática
Cristãos são presos em Londres durante protestos sobre crise climática

Clérigos e líderes cristãos foram presos nessa terça-feira (8), no centro de Londres na praça Trafalgar Square, durante protestos sobre crise climática, exigindo uma ação urgente por parte do governo Britânico.

O Rev. Jon Swales, responsável  pela missão na Igreja do Farol em Leeds, usou uma piscina cheia de água para batizar cerca de uma dúzia de pessoas, marcando-as com o sinal da cruz embaixo da coluna monumental de Nelson, segundo o PremierUk.

“Antes de reafirmarmos nosso batismo, seremos assinados com uma cruz”, disse o Rev. Swales. “Esse símbolo que estava lá para dizer ‘é assim que os rebeldes morrem’, mas ao invés disso, torna-se o foco da nossa esperança”.

Holly-Anna Petersen, membro da Christian Climate Action, estava entre os manifestantes que foram batizados, ela explicou que queria reafirmar seus votos no protesto como uma manifestação pública de sua fé.

Ela disse: “Estar aqui, defender a criação de Deus, faz parte da minha adoração. Jesus era o rebelde supremo, cuja bravura ao se manifestar contra a injustiça levou não apenas à sua prisão, mas à sua morte. Estar aqui nas ruas, compartilhando comunidade e enfrentar os poderes opressores, parece muito com a igreja primitiva “.

Holly-Anna Petersen tendo seus votos de batismo reafirmados pelo Rev. Jon Swales
Holly-Anna Petersen tendo seus votos de batismo reafirmados pelo Rev. Jon Swales

Os organizadores da Rebelião da Extinção (XR), fecharam vários locais importantes no centro de Londres, incluindo Lambeth Bridge, Westminster Bridge e ruas que bloquearam a Downing Street, com algumas pessoas se acorrentando em grades e veículos.

Segundo informações, mais de 500 pessoas foram presas como resultado dos protestos climáticos na capital da Inglaterra, incluindo vários cristãos e clérigos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui