Bancada evangélica quer barrar entrega de medalha a Felipe Neto

Bancada evangélica quer barrar entrega de medalha a Felipe Neto
Bancada evangélica quer barrar entrega de medalha a Felipe Neto

O deputado federal Otoni de Paula (PSC) com a bancada evangélica, quer barrar homenagem a Felipe Neto, com a entrega da “Medalha Mérito” Legislativo, maior honraria da Câmara dos Deputados.

O youtuber foi indicado para ser condecorado com tal honraria, depois de distribuir 14 mil livros com conteúdo LGBT, que foi considerado “impróprios” pela fiscalização da Prefeitura do Rio na Bienal do Livro.

O deputado federal Otoni de Paula, é quem está à frente das articulações: na quarta-feira (2), ele começou a colher assinaturas para tentar sensibilizar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), a voltar atrás e não entregar a honraria.

Segundo informações do portal Extra, o parlamentar evangélico, Otoni de Paula, já conseguiu colher 123 assinaturas, a expectativa é chegar a 250. Ele também tem um plano B para demonstrar o descontentamento caso a reivindicação não seja atendida:

“A indicação do Felipe Neto à essa honraria partiu de uma decisão unilateral do segundo secretário da mesa. Queremos mostrar ao presidente da Casa que há uma comoção de rejeição ao homenageado porque ele fere a posição conservadora, a família tradicional e a religião. Caso o Rodrigo Maia negue o pedido, vamos encaminhar a moção de repúdio”, disse ele.

Segundo as regras regimentais da Casa, uma das principais atribuições da segunda secretaria é justamente cuidar da concessão da Medalha Mérito Legislativo. A mesa diretora pode indicar dois homenageados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui