Vereadora de Fortaleza vai distribuir cartilhas anti-suicídio nas escolas

Vereadora de Fortaleza vai distribuir cartilhas anti-suicídio nas escolas
Vereadora de Fortaleza vai distribuir cartilhas anti-suicídio nas escolas

Foi lançada na última terça-feira (24), em Fortaleza pela vereadora evangélica Priscila Costa (PRTB) cartilhas anti-suicídio e automutilação, o material que será distribuída em escolas da rede pública e privada do município.

Com à temática “Alegria de Viver”, o material foi elaborado pela vereadora Priscila Costa em parceria com a psicopedagoga Andreia Lima. Segundo o portal O Povo, a parlamentar também atua como psicanalista clínica há mais de 14 anos.

A cartilha conta a historia de Téo, um jovem que passa por muitos desafios e se vê questionando seus propósitos de vida, em uma crise existencial bastante comum a grande parte dos adolescentes e jovens nos tempos atuais.

Em meio à história e os conceitos abordados, o material também disponibiliza informações importantes sobre como identificar e abordar uma pessoa em situação de risco relacionado ao suicídio ou a prática de automutilação.

A cartilha será amplamente distribuída em escolas públicas e privadas e também em outras ações educativas e de conscientização sobre o assunto na capital do Ceará.

A proteção da vida tem sido uma das nossas principais bandeiras e uma das coisas que a gente tem pautado é a preocupação com a quantidade de suicídios e casos de automutilação entre jovens e adolescentes.

A parlamentar explicou que a cartilha foi elaborada de uma maneira muito responsável, em uma linguagem muito acessível às pessoas dessa faixa etária, disse ela.

A iniciativa da psicanalista, Priscila Costa, surge em momento oportuno, a onda de suicídios têm levando milhares de pessoas em todo o mundo tirar a própria vida, e até mesmo entre líderes religiosos e pastores.

“Essa cartilha pode ser um instrumento para quebrar os tabus, e orientar o educador, amigo, cidadão, ajudar a alguém, entrar nesse assunto e poder ali, quem sabe, ser também um outro instrumento de ajudar aquela pessoa a ter uma alegria de viver, recuperar a sua saúde mental e emocional”, pontuou ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui