Feiticeiro que matou sua família para ter “poder” se rende a Cristo

Feiticeiro que matou sua família para ter “poder” se rende a Cristo
Feiticeiro que matou sua família para ter “poder” se rende a Cristo

Não existi feitiço ou feitceiro que não se rende ao poder de Jesus Cristo, uma prova disso é o testemunho de um ex-feiticeiro que matou sua família para ocupar o lugar do avô após sua morte em uma aldeia na África.

Após à morte de seu avô, Jacob por fim, lembra-se de que estava cercado por um exército de feiticeiros, sendo forçado a ingerir substâncias duras que prometiam poder insondável. Agora, ele estava sozinho e seria o seu sucessor.

Os eventos da semana anterior lentamente começaram a tomar forma. Seu avô estava morto, o que significava que agora ele era o feiticeiro chefe. Enquanto ele foi literalmente criado para este momento, ele se sentiu sobrecarregado. Como ele poderia desempenhar um papel tão significativo na comunidade deles sem a orientação de seu avô?

Acontece que ele não tinha nada com que se preocupar. Jacó ficou tão famoso que pessoas viajaram de outras nações para testemunhar seu poder. Seus feitiços poderiam trazer cura ou morte; suas palavras poderiam acalmar a mente torturada ou enlouquecer as pessoas. Tal poder tinha um preço, no entanto.

A comunidade de bruxos exigia que ele sacrificasse a vida das pessoas mais próximas a ele, ou perderia não apenas seu sustento, mas também sua vida. Ele matou seu primo, mãe, esposa e até seu próprio filho. Enquanto ele mantinha seu poder, ele esmagou sua alma; então, sempre que ele não estava trabalhando, ele estava bebendo. Era a única maneira de amenizar a dor e a culpa que o atormentavam dia após dia.

No entanto a vida de Jacob começou a mudar quando um dia, dentro do bar, ele ouviu algumas pessoas comentando sobre um filme que estava sendo exibido na vila naquela noite. Curioso, ele decidiu participar.

Enquanto assistia ao filme de Jesus, a dor inundou seu coração. Ele havia cometido os crimes mais hediondos e precisava desesperadamente de um Salvador. Jacob então procurou o missionário Alex do, The Timothy Initiative, responsável pela exibição do filme, e confessou todas as atrocidades que ele havia cometido.

O missionário assegurou-lhe o amor incondicional de Cristo, e Jacob entregou sua vida a Jesus naquela mesma noite. A transformação foi imediata. Ele queimou seus amuletos diante da vila, uma ação que eles não tomaram gentilmente.

O feiticeiros ficaram tão furiosos com a conversão dele que ameaçaram Jacob e o expulsaram da vila. Alex então levou Jacob para sua casa e começou a discipulá-lo. Ele o encorajou a crescer em sua fé e se tornar um discípulo.

Jacob fez exatamente isso. Ele compartilhou o Evangelho com seus antigos clientes, muitos dos quais receberam o Senhor. Jacó plantou uma igreja e treina outros para serem discípulos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui