Deputada quer combater a sexualização infantil nas escolas

Um dos exemplos, segundo a parlamentar é danças eróticas executadas dentro do ambiente escolar

Deputada quer combater a sexualização infantil nas escolas
Deputada quer combater a sexualização infantil nas escolas de Pernambuco

Deputada evangélica de Pernambuco, Clarissa Tércio (PSC), apresentou um projeto de lei para combater a “sexualização infantil” nas escolas de (PE), que ocorre em apresentações por meio das dancinhas sensuais.

Um dos exemplos, segundo a parlamentar é danças eróticas executadas dentro do ambiente escolar pelas crianças, para a deputada é um estímulo à erotização precoce de crianças e adolescentes.

No texto da proposta, O PL – de número 494/2019, a parlamentar justifica que a erotização precoce é um dos fatores responsáveis pelo crescimento da violação da dignidade sexual das mulheres. O projeto agora seguirá para as comissões da Casa.

O projeto em questão considera pornográfico ou obsceno qualquer coreografia que evoque “à prática de relação sexual ou de ato libidinoso”. A matéria se aplica a qualquer modalidade de dança, incluindo as manifestações culturais pernambucanas.

Para a parlamentar, cabe às escolas “contribuir para combater os estímulos à erotização infantil” e proibir a exposição precoce a danças que simulam movimentos de atos sexuais. De acordo com ela, “é necessário respeitar o tempo natural da sexualização”.

Confira no vídeo abaixo as justifcativas da deputada ao lado marido o pastor Junior Tércio:

A parlamentar ainda defende que, se aprovada, a lei terá como objetivo garantir a eficácia e o respeito aos direitos da infância e adolescência, conscientizando as famílias e a sociedade civil acerca das leis vigentes no país sobre à proteção às crianças.

Você concorda com o projeto de lei proposto pela Deputada Clarissa Tércio, que proíbe danças que exponham crianças e adolescentes à “sexualização precoce”? Deixe sua opinião.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui