Deputada dá resposta a Felipe Neto e doa livros contra ideologia de gênero

Deputada dá resposta a Felipe Neto e doa livros contra ideologia de gênero
Deputada dá resposta a Felipe Neto e doa livros contra ideologia de gênero

A deputada estadual Clarissa Tércio, (PSC) de Pernambuco, dá resposta a Felipe Neto e doa 10 mil livros contra a Ideologia de Gênero. Felipe Neto distribuiu livros que exalta a ideologia de gênero na Bienal do Rio de Janeiro.

A parlamentar disse que essa é uma maneira que se encontra ao seu alcance para dar uma resposta ao youtuber Felipe Neto, e vai distribuir gratuitamente em seu estado, 10 mil exemplares do livro “Macho Nasce Macho, Fêmea Nasce Fêmea – Desmascarando a Falácia da Ideologia de Gênero”, escrito pelo teólogo e filósofo Isac Silva.

Deputada quer combater a sexualização infantil nas escolas

De acordo com o Guia-me, a polêmica que tomou proporção nacional se deu inicialmente por conta da ordem do prefeito Marcelo Crivella de impedir a venda de uma revista em quadrinhos de super-heróis da Marvel com uma cena de mum beijo gay na Bienal do Livro no Rio de Janeiro.

“Marcelo Crivella mandou recolher, Felipe Neto disse: ‘Vamos bombardear com a temática LGBT’. A gente está observando essa guerra lá no Rio de Janeiro e então vai fazer um negócio aqui em Pernambuco também”, disse a parlamentar.

“Já que Felipe Neto distribuiu 10 mil exemplares com livros em que se exalta essa temática, a ideologia de gênero, o relacionamento homossexual para enganar as nossas crianças, nós também vamos fazer algo aqui em Pernambuco. Vamos distribuir 10 mil livros por todo o território pernambucano”.

“Esse livro trata dessa temática, ele combate, refuta as mentiras que têm sido contadas dentro das escolas, através das mídias”, acrescentou ela.

Reação

A atitude de Felipe Neto gerou uma grande polêmica e revolta também entre pais de crianças e adolescentes, pelo fato do youtuber ter essa faixa etária como seu público alvo.

Na segunda-feira da semana passada, a hashtag #PaisContraFelipeNeto viralizou no Twitter.

“Não permitam que seus filhos acessem conteúdo de quem quer que eles vejam material que contrarie suas convicções morais”, publicou o deputado federal Carlos Jordy, lançando a hashtag.

“Esse sujeito é perigoso. Um animador infantil a favor da ideologia de gênero. Deixe seus filhos bem longe de Felipe Neto. #PaisContraFelipeNeto”, postou outro usuário da rede social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui