China proíbe conversão ao cristianismo antes dos 18 anos

Crianças também estão proibidas de frequentar escola dominical

China proíbe conversão ao cristianismo antes dos 18 anos
China proíbe conversão ao cristianismo antes dos 18 anos

A china está realmente decidida de todas as formas conter o cristianismo, restrições cada vez maiores, as últimas, proíbe a conversão de jovens antes dos 18 anos, crianças também estão proibidas de frequentar escola dominical.

De acordo com Erik Burklin, da China Partner, “uma das regras que sempre estão na lei deles é que você não pode fazer proselitismo ou não pode converter alguém com menos de 18 anos de idade.” Embora a lei já existisse, ela foi aplicada de maneira mais intensa.

Antes da aplicação da lei, “as pessoas estavam tendo seus filhos na igreja e muitas igrejas começaram o que chamaríamos de aulas da escola dominical”, diz Burklin. “Eles usavam esse tempo para ensinar versículos bíblicos às crianças e ensinar-lhes canções cristãs e assim por diante.”

+ A perseguição aos cristãos na China está piorando, alerta escritor cristão

Agora, no entanto, “Muitas igrejas foram notificadas pelos chefes do Departamento de Assuntos Religiosos de que você não pode mais realizar aulas de escola dominical em suas igrejas. Eles até colocam sinalização na entrada de algumas igrejas para indicar isso. ”
Cancelando o YouthServe

Para a China Partner, isso é problemático. Afinal, a iniciativa do ministério YouthServe treina “líderes da igreja para conduzir sessões de ministério para jovens entre 13 e 18 anos antes de ingressar na universidade”, diz Burklin.

Ao conduzirem um treinamento de ministério para jovens na China durante uma viagem recente, foram abordados por pastores com quem haviam trabalhado durante anos. “Eles voltaram especificamente para nós dizendo:

‘Por favor, não podemos mais convidá-lo a fazer esses treinamentos para o ministério de jovens porque precisamos aderir a essa nova aplicação da lei’ ‘, relata Burklin.

Para respeitar e proteger seus parceiros locais, o China Partner decidiu descontinuar sua iniciativa YouthServe. Burklin diz que pode voltar no futuro, mas, por enquanto, é do melhor interesse de seus parceiros se eles o fecharem.

Perder a próxima geração de crentes?

Isso seria um golpe para qualquer comunidade de crentes, uma vez que os jovens representam a próxima geração de potenciais líderes cristãos, mas é especialmente difícil para a Igreja chinesa. Embora a maioria das congregações chinesas tenha “uma comunhão de jovens”, Burklin diz que:

“quando você participa dessas reuniões, percebe que há muitas pessoas até os 50 anos de idade que comparecem a essas reuniões”.

Isso significa que a Igreja chinesa precisará buscar soluções criativas para um problema muito real. “Uma das maneiras que aprendemos também que podemos alcançar essa faixa etária é através dos pais”, diz Burklin. “Quando começamos esses retiros de casamento e sessões de aconselhamento para casais, [percebemos que] muitos desses jovens casais têm adolescentes em casa.”

No final do dia, nenhuma regra restringe Deus ou o que Ele pode fazer. O China Partner deseja cooperar com seus parceiros locais para garantir segurança e colaboração, e eles têm planos de buscar outras formas de treinamento e ministério.

Enquanto isso, ore por paz e sabedoria para a Igreja chinesa e que Deus toque os corações dos jovens, mesmo que a Igreja local não possa alcançá-los.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui