Pastora é morta a tiros dentro de igreja no Mato Groso do Sul

Pastora é morta a tiros dentro de igreja no Mato Groso do Sul
Pastora é morta a tiros dentro de igreja no Mato Groso do Sul

A pastora Rose Meire Fermino de Andrade Mendonça, de 48 anos, foi morta a tiros dentro de igreja evangélica pelo ex-marido em Aquidauana, na noite de terça-feira (27), no Mato Groso do Sul.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a pastora estava no altar da igreja evangélica, fazendo pregação, quando o ex-marido entrou na igreja e efetuou os disparos. O crime aconteceu na frente dos fiéis.

Rose Meire morreu no local e o ex-marido fugiu. Enquanto a polícia fazia buscas por ele, fiéis avisaram que ele havia retornado à igreja e tentado suicídio.

O ex-marido da vítima, Carlos Alberto Mendonça, 58 anos, teria confessado o crime à polícia dizendo que não se conformava com o fim do relacionamento, há duas semanas.

Testemunhas disseram à polícia que o homem era ciumento, tentava impedir que a pastora realizasse projetos sociais e apresentava sinais de ser uma pessoa violenta.

Os fiéis que estavam na igreja elogiaram a pastora por seu amor pelo ministério mesmo sendo vítima de violência doméstica, segundo informações do UOL.

O homem foi socorrido para o hospital da cidade e está sob custódia da polícia. A vítima estava desde o dia 20 com medida protetiva contra ele, que determinava que ele saísse da residência do casal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui