Pastor evita suicídio após se perder em rodovia “Deus me enviou ali”

O pastor salvou o homem após perder a saída na rodovia

Pastor evita suicídio após se perder em rodovia “Deus me enviou ali”
Pastor evita suicídio após se perder em rodovia “Deus me enviou ali”

Um pastor americano conseguiu evita um suicídio após se perder em uma rodovia ao retornar em um viaduto quando avistou um homem e sentiu que Deus o havia chamado para ajudar a salvar a vida de outra pessoa, colocando-o no lugar certo na hora certa.

Depois de perder a saída, o pastor, Maurice Hardwick, cruzou-se com um homem que estava parado na beira de um viaduto da rodovia de Detroit.

Hardwick, que estava com sua esposa Kya, parou imediatamente para tentar impedir o homem de pular. No que a princípio pareceu um erro irritante, acabou sendo um tempo divino. “Eu perdi minha saída, e Deus me mandou mais uma saída para virar”,  disse ele ao Local 4 Notícias.

Se ele não tivesse perdido sua saída em primeiro lugar, ele não teria cruzado com o homem suicida, o que poderia ter terminado no homem pulando. Depois que pararam, tentaram falar com o homem, mas ele não estava respondendo ao casal.

“Ele não responderia a nós”, disse Maurice Hardwick. “Ele não disse uma palavra. Ele nem sequer levantou a cabeça quando falmos com ele. Então eu sabia que ele estava trancado.

O casal temia que o homem saltasse e terminasse sua vida antes que os policiais chegassem, e decidiram que tinham que fazer alguma coisa. Felizmente, outro motorista também parou e estava tentando conversar com o homem suicida, o que funcionou como uma distração.

+ Pastor impede mais de 80 suicídios, em ponte do Rio Grande do Norte

Enquanto conversavam, Hardwick puxou o homem da ponte para o chão, onde o homem tentou fugir. Hardwick compartilhou que o homem disse: “Eu não quero viver, não quero mais ficar aqui, deixe-me ir”.

Kya, esposa de Hardwick, contou para o Local 4 News, que ela estava nervosa com a segurança tanto do homem quanto do marido, já que eles estavam em um local perigoso.

“Os dois poderiam ter ido”, disse Kya, “então comecei a orar. Eu fiz tudo o que sabia fazer.

“Eu só não estava disposta a assistir isso acontecer no meu turno”, Hardwick compartilhou, expressando porque ele pulou para ajudar.

Em um post no Facebook, Hardwick expressou sua gratidão a sua esposa por orar enquanto ajudava a resgatar o homem.

“Para todas as pessoas que realmente tiraram um tempo para fazer um comentário e para aqueles que realmente nos conhecem, nós apreciamos aqueles que não apenas agradecem a Deus ou oram, mas encorajam-me e Kya nesta situação muito traumática”, escreveu ele.

“Eu não tenho certeza de como se deparou com a câmera, mas foi muito sério e eu não tenho estado tão nervoso há muito tempo e vocês sabem que eu tenho passado muito.”

 

“Eu sou tão grato por uma esposa que ora”, “Eu disse às pessoas no último domingo que ela tem mais poder em oração do que eu, senti isso porque o tempo todo ela estava orando e apenas silenciou para permitir que eu me aproxime dele. Escreveu ele.

Hardwick é pastor da igreja Power Ministries em Detroit, Michigan, onde trabalha para eliminar o problema do crime violento em Michigan.

“Deus me disse,’pastor, eu nunca disse a essa geração que eles tinham que morrer para estar em paz’ disse ele em entrevista à Rádio WWJ News.

“Se eu não gosto disso… onde está o meu protesto? Então nós protestamos e nos lamentamos pelo sangue que atravessa a rua de Detroit de meus jovens – nós definitivamente temos responsabilidade sobre nós mesmos, e sobre nossa vizinhança”. Conclui o pastor sobre a violência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui