“Deus tem um propósito”, diz pastor pai de jovem baleada em ataque

“Deus tem um propósito”, diz pastor pai de jovem baleada em ataque
“Deus tem um propósito”, diz pastor pai de jovem baleada em ataque

O propósito de Deus em tragédias nem sempre é algo compreenssível, mas para pastor, Michael Grady, pai da a jovem Michelle Grady, uma das vítimas baleada durante o ataque ao supermercado Walmart, que deixou 22 pessoas mortas na cidade de El Paso, cidade do Texas, nos Estados Unidos, viu Deus agir nesse caos.

No último sábado 3, o pastor Grady foi surpreendido com uma ligação de sua esposa informando de que sua filha estava entre as vítimas do tiroteio no supermercado, baleada com três tiros, a jovem estava deitada na poça de sangue.

Mesmo ferida, Michelle Grady, conseguiu usar seu celular para ligar para sua mãe, Jeneverlyn, que entrou em seu carro e a manteve a jovem na linha até chegar ao supermecado, em seguida ligou para o esposo.

Durante o percurso até ao local do tiroteio o pastor conta o quanto ele orava e pedia a Deus: “Eu estava pedindo a Deus para ter certeza de que Michelle não está sentindo muita dor ou sofrendo”, disse ele. “Que iríamos chegar até ela e encontrá-la. Essa foi a minha oração.

+ Filho de pastor morre em tiroteio salvando vidas nos Estados Unidos

Quando ele a viu, sentiu que ela não estava bem. “Eu sei que ela não estava bem, mas eu disse a ela que ela ia ficar bem.”, disse ele ao Los Angels Times.

Não havia macas suficientes para retirá-la, então Grady e sua esposa levantaram o corpo dela em um carrinho de compras do Walmart usado para itens grandes e levaram-na para uma ambulância.

Eles esperaram. O tempo parecia ao mesmo tempo estendido e condensado. As coisas precisavam se mover mais rápido, pensou Grady. Depois que uma equipe de emergência colocou Michelle em uma ambulância, sua esposa foi com ela, ele correu para o carro, em seguida, acelerou em direção ao Centro Médico Universitário de El Paso.

Ao chegar no pronto-socorro o médico disse ao pastor e sua esposa que uma bala havia entrado na coxa direita e estalou a pélvis. Seu dedo do meio quase foi arrancado. Seus intestinos estavam uma bagunça.

Eles disseram que ela precisava de cirurgia. Provavelmente mais de uma. Não houve garantias. Ele orou para que os médicos tivessem sabedoria. Ele orou por coragem por sua filha, por ele mesmo e sua família – não importando o resultado. Ele orou pelas famílias das outras vítimas.

“Eu não tentaria dar desculpas para Deus”, disse ele. “Deus tem um propósito, mesmo nisso. E ele está com você, e o povo de Deus está com você para cobri-lo com amor e graça e caminhar com você nesta jornada. Diz “ande pelo vale da sombra da morte”, não “pare no vale da sombra da morte”.

Os médicos saíram da cirurgia no final da tarde de sábado e disseram que seus sinais vitais estavam estáveis, mas ela precisaria de outra cirurgia no domingo.

Na segunda-feira, Grady estava no hospital quando o tubo de respiração foi removido. Michelle estava rouca e não conseguia falar. Ela foi capaz de mover com as mãos um pouco. Ele estava grato por esse pequeno gesto.

Ele não tinha certeza de quais seriam suas primeiras palavras quando ela finalmente fosse capaz de falar esperava por: “Oi, mamãe. Oi, papai. Seus olhos se encheram de lágrimas. Grady espiou a cabeça pela porta e ao redor da cortina. Michelle estava chorando.

Estamos com ela desde que ela foi baleada. Nós estamos aqui todos os dias, disse ele fora de seu quarto. “E nós estaremos aqui para tentar secar as lágrimas e deixá-la saber que tudo vai ficar bem.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui