Por causa da gripe igrejas orienta fiéis evitar orações de mãos dadas

Por causa da gripe igrejas orienta fiéis evitar orações de mãos dadas
Por causa da gripe igrejas orienta fiéis evitar orações de mãos dadas

Por causa de mortes causadas pelo vírus da gripe, Influenza H1N1, igrejas de Taubaté (SP), tem orientado os fiéis evitar as orações de mãos dadas, e outros cuidados, para diminuir os riscos de contaminação.

As orientações são da Diocese de Taubaté, município do interior do Estado de São Paulo, que repassou as recomendações para outros dez municípios abrangidos pela diocese.

O tradicional cumprimento entre os fiéis com a “saudação da Paz”, também está entre os pedidos do comunicado que foi reapssado as demais igreja sobre a direção da Diocese de Taubaté.

A circular da diocese orienta também os religiosos para os casos de visitas a pessoas doentes em casas e hospitais. Elas deverão ser feitas com “particular atenção, sobretudo se várias forem visitadas em sequência”, segundo o comunicado, para reduzir a chance de contaminação cruzada.

O alerta, direcionado a sacerdotes, diáconos, ministros e agentes de pastoral, e ao povo de Deus em geral, também indica a importância de manter abertos os locais de missas e cultos nas reuniões para melhorar a ventilação.

A infectologista Rosana Richtmann, da Sociedade Brasileira de Infectologia, diz que o aletra é fundamental, e que as igrejas orientem a população sobre a doença, transmitida com mais facilidade do que a gripe.

Como frequentam celebrações com grande número de pessoas, os fiéis precisariam ser orientados sobre os sintomas do sarampo, como febre, tosse persistente, lacrimejamento, mal-estar. Se um deles aparecer, a dica é não frequentar as igrejas.

(Informações UOL)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui