Pastor prega a 69 anos na mesma igreja que iniciou seu chamado

Apesar de alguns problemas de saúde ele permaneceu como pastor.

Pastor prega a 69 anos na mesma igreja que iniciou seu chamado
Pastor prega a 69 anos na mesma igreja que iniciou seu chamado

O pastor americano James Royalty, celebra seus 90 anos de idade, comemorando 69 anos de ministério pregando na mesma igreja Batista, em que iniciou seu chamado, na cidade de Red Hill, em Kentucky, Estados Unidos.

Pastorear a mesma igreja por 69 anos é uma raridade nos dias hoje, poucos têm a vocação de permanecer tanto tempo se dedicando na mesma comunidade, e cuidando dos fiéis com tanta dedicação pastoral por todos esses anos como, James Royalty, que completará seu 69º ano na Igreja Batista de Red Hill, em julho.

Ele começou a trabalhar como impressor em uma pequena gráfica de seu pai, foi quando ele procurou a igreja para oferecer os serviços da gráfica, na Western Recorder da Kentucky Baptist Convention (KBC). Ele e sua família começaram um jornal em Radcliff, The Sentinel, que ainda está em mãos de família hoje.

Durante uma reunião anual da KBC, a convenção Batista, que ele decidiu aceitar o chamado para pregar o Evangelho, uma ideia com a qual ele havia lutado por cinco anos.

“Eu pensei que não poderia fazer isso, mas fui para o Georgetown College e trabalhei meu caminho até lá – eu levei sete anos porque trabalhava enquanto fazia faculdade”, recordou o pastor de 90 anos.

“No meu chamado, eu disse que não era um pregador, mas onde Deus me quer eu irei, e ficarei enquanto ele quiser que eu fique”, observou ele. “Eu tive quatro oportunidades de sair de Red Hill, mas eu as recusei. Afinal, o Senhor me colocou lá para começar aquele ministério. Eu era necessário lá.

Com seus 90, o pastor James, conta que não tem planos de se aposentar, mas continuar até que o Senhor o chame para casa.

Pastora chega aos 105 anos pregando a Palavra de Deus na Igreja

Apesar de alguns problemas de saúde ele permaneceu como pastor. Em 2010, ele teve um ataque cardíaco, em 2015 sofreu uma queda, que foi seguida por um derrame um mês depois. Ele entrou e saiu do hospital por cerca de duas semanas.

“Eu senti que precisava e ficar na igreja. Lembro-me de pensar – se são 10 anos ou 20 anos ou 50 anos, isso é deixado para o Senhor”.

Em uma das primeiras pregações em Red Hill, que era uma missão do Batista do Bosque da Videira. Ele foi ordenado como primeiro pastor em julho de 1950. Ele não apenas foi o primeiro pastor da igreja, mas também seu desejo de realizar uma série de cultos de reavivamento na comunidade de Red Hill que gerou o trabalho missionário.

Os serviços naqueles primeiros dias foram realizados em uma antiga tenda de campo do Exército emprestada. A Vine Grove fornecia bancos de ripas caseiros e um antigo órgão de bomba do Exército foi trazido para fornecer a música.

O pastor James, ainda estava na escola em Georgetown, e viajava a Red Hill todos os domingos para pregar. A igreja de sede pagava por suas viagens semanais a Georgetown.

A missão recebeu um lote de um acre, e a construção de um prédio no subsolo, medindo 19 pés por 30 pés, começou.

Enquanto a construção da igreja seguia, os cultos continuaram na tenda. Em um dia de neve, o pastor James, viu que a tenda havia sido derrubada. Os membros tiveram que consertar a tenda emprestada, e isso os encorajou a se mudar para o prédio do porão, com o chão de barro, paredes e uma viga de suporte central nos postes.

A construção no porão foi concluída nos meses seguintes, e depois começaram a trabalhar no andar de cima e foi concluída em 1951. A missão foi organizada em uma igreja em 1952 como parte da Severns Valley Association.

Como muitas pessoas precisavam de transporte, a Red Hill se tornou uma das primeiras igrejas a iniciar um ministério de ônibus, resultando em mais de 40 pessoas sendo atendidas, além de algumas que receberam transporte para outras igrejas.

Red Hill tem um forte legado nas missões. Foi o patrocinador de um ministério em Laos e espanha, e os membros fizeram trabalho de missão voluntária no Kentucky e fora dos EUA. Enviam doações de ajuda ao Programa Cooperativo e Severns Valley Association, para essas missões.

O pastor oferece conselhos aos pastores mais jovens.

“Encontre o trabalho do Senhor e fique com ele”, aconselha o pastor. “Um problema hoje é que as igrejas não os apoiam para que possam cuidar de sua família. Para alguns, não é que eles particularmente queiram se mudar, mas as igrejas não os apoiam para ganhar a vida”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui