Nossos direitos vêm de Deus, diz Trump aos cristãos perseguidos

Trump manda indireta para China sobre os cristãos perseguidos, nossos direitos vêm de Deus

Nossos direitos vêm de Deus, diz Trump aos cristãos perseguidos
Nossos direitos vêm de Deus, diz Trump aos cristãos perseguidos

O presidente, Donald Trump, conversou com cristãos que foram perseguidos e hoje vivem nos Estados Unidos, todos foram vítimas da perseguição religiosa que acontece várias partes do mundo.

O presidente americano, foi enfático e disse “Na América, sempre entendemos que nossos direitos vêm de Deus, não do governo”, disse Trump, segundo o portal de notícias “Gospel Mais”.

Essas pessoas foram vítimas de perseguição religiosa em seus países e puderam relatar ao presidente americano detalhes de como é difícil viver em uma região onde a liberdade de expressão é reprimida com punhos de ferro.

O presidente recebeu no salão da Casa Branca, representantes de países onde os cristãos são mais perseguidos, China, Cuba, Tibete, Paquistão, Irã, Birmânia, Coréia do Norte, Sri Lanka, Eritreia.

A fala de Trump, pode ser entendida como uma indireta para China, dos 27 participantes da reunião quatro eram da China, embora governo chinês rejeita qualquer insinuação de que abusa dos direitos humanos e religiosos.

Cristãos no topo da lista de perseguição

Entretanto relatórios apontam que a China, ocupa o 27º lugar na lista de vigilância do mundo de 2019, de perseguição, segundo o Open Doors USA, que monitora a perseguição cristã em todo o mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui