Líderes religiosos são mais confiáveis que cientistas para os brasileiros

A maioria das pessoas ouvidas passaram a ver também malefícios na ciência

Líderes religiosos são mais confiáveis que cientistas para os Brasileiros
Líderes religiosos são mais confiáveis que cientistas para os Brasileiros

Um estudo realizado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, apontou que líderes religiosos  são mais confiáveis do que cientistas para os brasileiros. A pesquisa visou a percepção sobre ciência e tecnologia na vida das pessoas.

O estudo foi elaborado pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social que presta serviços ao Ministério da Ciência & Tecnologia, Inovações e Comunicações.

O objetivo da pesquisa é conhecer a visão, o interesse e o grau de informação da população em relação à Ciência e Tecnologio no País. Neste ano, foi realizada a quinta edição as demais ocorreram em 1987, 2006, 2010 e 2015.

Os dados levantados revelou um maior ceticismo dos brasileiros em relação à ciência em relação a anos anteriores. Dos entrevistados, 31% disseram ver só benefícios nesta modalidade de conhecimento, contra 54% em 2015.

Veja também:

Brasileiros confiam mais na igreja do que na política

A maioria das pessoas ouvidas passaram a ver também malefícios na ciência, embora em menor grau do que os benefícios, saiu de 19% em 2015 para 42% em 2019. Os que visualizam tanto benefícios quanto malefícios cresceram de 12% para 19% no mesmo período.

Márcio Miranda, um dos autores dos estudo avaliou que o índice de pessoas que tem um olhar mais positivo na percepção maior dos benefícios, ainda possui um patamar alto, acima dos 70%.

Para ele isso indica que a ciência ainda mantém uma referência positiva junto aos brasileiros.

Você pode observar uma variação, mas 73% em nível geral mantêm o seu interesse e consideram que ela traz mais benefícios do que malefício, concluiu o presidente do CGEE Márcio Miranda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui