Pastor Silas Malafaia critica STF por considerar homofobia como racismo

Pastor Silas Malafaia, crítica STF por considerar homofobia como racismo
Pastor Silas Malafaia, critica STF por considerar homofobia como racismo

O pastor Silas Malafaia, fez duras críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (29), após a alta Corte do judiciário, considerar homofobia como crime de racismo.

O pastor postou um vídeo em seu canal do YouTube, criticando a decisão da Corte de querer legislar o tema que já está em trâmite no Congresso. Segundo o pastor a competência, é exclusiva do legislativo e não do judiciário.

O julgamento do Supremo Tribunal Federal quanto à criminalização da homofobia, que já conta com a maioria dos votos, 6 ministros dos 11, já votaram a favor, o julgamento está previsto para ser retomado no dia 5 de junho.

O que isso significa? Na prática, a criminalização da homofobia significa, que em todos os crimes considerados comuns, e crimes baseados na orientação sexual e na identidade de gênero da vítima, será aplicada uma legislação que trata especificamente de condutas discriminatórias.

Segundo o pastor Silas Malafaia, a justificativa dos ministros para tomar à frente do caso devido à demora não é válida, e chamou os ministros de “senhores do tempo”, tendo em vista as pilhas de processos que se arrastam por anos no judiciário.

Eu vi alguns ministros dizendo que “vamos definir a questão da homofobia porque o Congresso Nacional demorou muito”. Com todo o respeito, em que lugar da Constituição está escrito que se o Legislativo demorar, o Judiciário pode legislar? questiona o pastor.

Assita ao vídeo, e tire suas conclusões:

Amigo De Cristo Noticias / *informações Pleno News