Notícias cristãs Enfermeira cristã é demitida por oferecer Bíblia a paciente

Enfermeira cristã é demitida por oferecer Bíblia a paciente

Enfermeira cristã é demitida por oferecer Bíblia a paciente
A enfermeira cristã Sarah Kuteh (Foto: Divulgação)

Uma enfermeira que ofereceu uma Bíblia a um paciente com câncer e o encorajou a cantar “O Senhor é Meu Pastor” foi demitida por justa causa, decidiu um tribunal de justiça de Kent, condado no sudeste da Inglaterra, próximo de Londres.

Sarah Kuteh, que é cristã foi dispensada de seu emprego no ( Darent Valley Hospital ) em Dartford, Kent, em 2016, por falar repetidamente com os pacientes sobre sua fé e distribuir uma Bíblia, em violação das regras do Conselho de Enfermagem e Obstetrícia (NMC).

Uma decisão, publicada na semana passada pelo Tribunal de Recurso, afirmou que, em 3 de junho de 2016, um paciente no hospital se queixou da conduta da Sra. Kuteh.

O tribunal ouviu como a paciente comparou o incidente a uma ‘esquete do Monty Python’, que ele disse ser ‘muito bizarra’ – na qual ela o encorajou a cantar junto com o Salmo 23 com ela.

A decisão, que manteve a decisão de que ela foi demitida de forma justa pelo Dartford and Gravesham NHS Trust, declarou: “Em 2016, o Departamento de Reclamações notou uma ligação de um paciente em tratamento de câncer sobre sua avaliação pelo Requerente em 3 de junho 2016

“Ele respondeu com ‘mente aberta’ à pergunta no formulário sobre religião e alegou que o Requerente havia lhe dito que a única maneira de chegar ao Senhor era por meio de Jesus.

“(Ela) disse a ele que daria a ele sua Bíblia se ele não tivesse uma; agarrou sua mão com força e fez uma oração muito intensa e continuou ‘sem parar’; e pediu-lhe que cantasse o Salmo 23 [O Senhor é Meu pastor] depois do que ele ficou tão surpreso por ter cantado o primeiro verso com ela.

“Ele descreveu o encontro como ‘muito bizarro’ e ‘como uma esquete do Monty Python’.

Os documentos do tribunal também apontam para uma série de outros incidentes, nos quais a Sra. Kuteh disse a um paciente com câncer de intestino em abril de 2016 “que se ele orasse a Deus teria uma chance melhor de sobrevivência”.

Outra reclamação, novamente em abril de 2016, veio de um paciente que disse que a Sra. Kuteh ‘passava mais tempo falando sobre religião do que fazendo a avaliação’, e outra, no mesmo mês, veio de um paciente que disse não querer ver a Sra. Koteh como eles ‘não gostavam de pregar’.

A Srta. Kuteh, uma mãe de três filhos de 50 anos, foi suspensa do emprego em junho de 2016 e despedida por falta grave em agosto do mesmo ano, com sua demissão confirmada por um tribunal de trabalho no mesmo ano.

Ela apelou da decisão do tribunal em 2017, mas falhou em sua tentativa de anular a demissão, mas foi autorizada a trabalhar como enfermeira novamente em julho do ano passado, depois que suas restrições de trabalho foram suspensas pelo Conselho de Enfermagem e Obstetrícia.

A Sra. Kuteh, no entanto, apelou pela segunda vez contra sua demissão ao Tribunal de Recurso – dizendo que o tribunal de trabalho “não considerou a interpretação correta do Código NMC e a distinção entre expressões apropriadas e inadequadas de crenças religiosas”.

Ela também disse que o tribunal não reconheceu que o Artigo 9 da Convenção Europeia sobre Direitos Humanos – Liberdade de manifestar sua religião ou crenças – era “aplicável” e “considerou a distinção sensível aos fatos entre evangelismo verdadeiro e proselitismo impróprio”.

Os juízes do Tribunal de Recurso, no entanto, rejeitaram o recurso mais recente da enfermeira, dizendo que ela não foi demitida injustamente em uma decisão publicada na semana passada.

O Christian Legal Centre – que representa a Sra. Kuteh – disse que ela está atualmente em discussão com sua equipe jurídica para considerar seu próximo passo.

Últimas notícias

Guerras e perseguições: “A fé de uma cristã na Síria”

As guerras e perseguições cercam a vida de milhares de cristãos na Síria, assim como a de Sozan, uma cristã de 22 anos. A...

A perseguição força os cristãos do Laos a praticar a fé em segredo

Os cristãos no Laos continuam a enfrentar várias formas de perseguição e discriminação, o que força muitos deles a praticar sua fé emsegredo na...

Cuba liberta Jornalista preso por reportagem sobre julgamento de pastor

Um jornalista e advogado cubano foi libertado da prisão em Guantánamo, Cuba, depois de ficar quase um ano preso por seu trabalho de reportagem...

Bieber lança música cristã ‘Holy’ sobre fé e acreditar em Deus

O astro pop Justin Bieber lançou uma nova música cristã inspirada no evangelho intitulada 'Holy', que se baseia em temas de fé e esperança....
© Copyright Amigo De Cristo. Todos os direitos reservados.