Feliciano ataca Mourão e o compara com Michel Temer

Feliciano em entrevista ataca Mourão e o compara com Michel Temer

Feliciano ataca Mourão e o compara com Michel Temer
Feliciano ataca Mourão e o compara com Michel Temer

O deputado federal Marco Feliciano (Pode/SP) resolveu atacar o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB). Em uma entrevista à Revista Epoca nesta quarta-feira (3), o parlamentar comparou Mourão ao ex-presidente Michel Temer, em sua manobra para o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff em 2016.

Para o deputado que se diz defensor contumaz de Bolsonaro, a história do impeachment em 2016 da ex-presidente Dilma, pode repetir com a figura de Mourão, seguindo o modelo usado pelo ex-presidente Michel Temer.

“sai lá escondidinho e começa a mandar mensagem em WhatsApp, começa a pregar contra a presidente”, Feliciano diz que, agora, Mourão sente “cheiro e gosto do poder” e “a qualquer momento ele sabe que pode assumir”, disse Feliciano.

“Está explícito para todo mundo que ele tem fome de poder e a qualquer momento ele sabe que pode assumir. Ele está sentindo o cheiro do poder, o gosto do poder, e ele então começa a minar a autoridade presidencial”, afirma Feliciano, que é vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara.

E continua na comparação: “Parece que eu vejo a história se repetir. Só mudam os nomes dos personagens. A coleira que os prende é a mesma”.

Feliciano disse, em entrevista à coluna, que Mourão é um “problema” que pode dar uma “rasteira” em Jair Bolsonaro, e adaptou para o general a célebre frase do imperador traído Júlio César: “Até tu, Mourão?”, provocou.

O pastor disse vir avisando Bolsonaro sobre a necessidade de conversar mais com Mourão.

Sobre a relação com Bolsonaro, disse não topar negociar a mudança da embaixada de Israel, conforme Bolsonaro havia prometido na campanha. “Não abrimos mão. O presidente não vai querer perder a base social dele”. “Nós, os cristãos, conservadores, demos ao presidente a faixa presidencial”. Assista à íntegra da entrevista.

*Informações Revista Epoca

Deixe sua opinião, ela é importante para nós.

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome