Pastor Silas malafaia comenta saída de Lula para o velório do neto

O pastor se solidarizou e disse que por ser avô entende a dor de Lula

Pastor Silas malafaia comenta saída de Lula para o velório do neto
Pastor Silas malafaia comenta saída de Lula para o velório do neto

O pastor Silas Malafaia comentou no twitter a saída do o ex-presidente Lula da prisão, para estar presento no velório de seu neto Arthur de 7 anos, que faleceu vítima de meningite meningocócica.

Usando a rede social, o pastor chamou de insensíveis aqueles que criticaram Lula por ter sido liberado pela justiça para comparecer ao enterro do seu neto.

Na sua mensagem, o pastor se solidarizou e disse que por ser avô entende a dor de Lula e desejou o consolo de Deus para a família do ex-presidente.

Ainda de acordo com a postagem do pastor, ele disse ser 100% contra Lula, mas que este momento de dor profunda é hora de compaixão e não de cobranças.

Polêmica de Eduardo Bolsonaro sobre enterro de neto do Lula

Em outra postagem Silas Malafaia criticou Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que em uma postagem também no Twitter, criticou a saída de Lula para o enterro do neto.

“Lula é preso comum e deveria estar num presídio comum”, escreveu Eduardo. “Quando o parente de outro preso morrer ele também será escoltado pela PF para o enterro? Absurdo até se cogitar isso, só deixa o larápio em voga posando de coitado”, atacou Eduardo Bolsonaro.

Malafaia alfinetou Eduardo Bolsonaro, e disse que ele perdeu uma ótima oportunidade de ficar com a boca calada e citou Salomão que dizia que até o tolo se passa por sábio quando se cala, disse o pastor.

Arthur Araujo Lula da Silva, 7 anos, morreu nesta sexta-feira, 1 de março, vítima de meningite meningocócica. A morte foi registrada às 12h36, pelo Hospital Bartira, do grupo D’Or, em Santo André, na grande São Paulo.

Cerca de uma hora após a morte, a defesa de Lula pediu a Justiça Federal do Paraná, autorização para que ele fosse ao velório do neto, o que foi autorizado. Lula foi, neste sábado, 2 de março, escoltado pela Polícia Federal.
*Com informações UOL notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome