Como o cristão pode provar sua comunhão com Deus?

Precisamos entender que o pecado rompe nossa comunhão com Deus

Como o cristão pode provar sua comunhão com Deus?
Como o cristão pode provar sua comunhão com Deus?

Como o cristão pode provar sua comunhão com Deus? – Quando somos questionados sobre nossos valores, crenças e emoções sentimos uma vontade danada de “provar” ou de mostrar que somos diferentes daquilo que dizem de nós.

Em primeiro lugar precisamos manter uma boa relação com a Palavra da Vida, a Bíblia, onde aprendemos compreender a vontade de Deus para o crescimento da fé e comunhão com o Senhor por meio de sua Palavra.

E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas.
1 João 1:5

1) Precisamos ser luz e buscar santidade(v.5).

Independentemente de sermos questionados ou não pelas pessoas, temos a necessidade de adequarmos nossa vida ao padrão estabelecido por Deus. João nesta etapa de sua carta nos ensina que Deus é luz e nele não há trevas nenhuma(v.5) e esta expressão “luz” indica verdade, pureza e justiça. Isto implica que o padrão ou o gabarito para a vida cristã é a santidade de Deus.

Muitos dos seus amigos não-cristãos geralmente encontram seu padrão de comportamento na vida de outras pessoas ou em algum código de ética inventado pelos homens. Mas estes não alcançam a perfeição de vida que Deus espera do homem. Daí termos a necessidade de buscarmos o auxílio do Espírito Santo de Deus para que aprendamos e pratiquemos os ensinos desta poção da Palavra de Deus.

Na época em que a mensagem de 1 João foi ensinada, havia pessoas que pensavam e ensinavam que o pecado não rompia a comunhão do cristão com Deus. Sabemos que este ensino se constitui um erro tremendo e, a julgar pelo procedimento de alguns cristãos, penso que outros ainda hoje pensam da mesma forma.

Qual é então o desafio desta caminhada na luz? Adequarmos nossas vidas ao padrão de santidade desenvolvido por Deus em sua Palavra. Talvez você se sinta em desvantagem nesta fase de sua vida ao tentar comparar o seu procedimento com o outros cristãos mais maduros. Não desista! Coragem! Tenha fé! Vida cristã não é moleza mas nós devemos continuar firmes na caminhada rumo à santificação.

2) Precisamos entender que o pecado rompe nossa comunhão com Deus(v.6).

Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade.
1 João 1:6

Consideremos a questão levantada por João no verso 6: um cristão pode Ter constante comunhão com Deus, mesmo fazendo coisas que o desagradem? Na boca de alguns de seus contemporâneos a resposta seria sim. O que você acha desta situação? Não é de hoje o pensamento de que o espírito humano é inviolável e que podemos fazer o que quisermos com o nosso corpo.

Assim sendo esse conceito(chamado de “dualismo”) leva muitos cristãos a pecarem e ofenderem a santidade de Deus. Deus é luz e aquele que nele está não pode caminhar nas trevas. A religião cristã sem moralidade e pura ilusão.

O pecado é sempre uma barreira para a comunhão com Deus. E se pensarmos diferente disto, mentimos deliberadamente e não praticamos a verdade. Isto se aplica a minha vida, a sua também especialmente quando começamos a usar um simples frase (isto não tem nada a ver) ao sermos confrontados seja pelos irmãos em Cristo.

Leia também:
Não fique na posição de um cristão morno

À medida em que achamos e dizemos que isto ou aquilo “não tem nada a ver” e insistimos em andar por caminhos que a Bíblia não nos autoriza a nossa nota(média) cai. E pior do que fazer uma prova, é descobrir que a nota foi mais baixa do que o grau mínimo para aprovação.

Pouquíssimas pessoas gostam de provas, mesmo que as questões sejam de múltipla escolha ou dissertativas. Normalmente ouço dos meus alunos que fazer prova não é “boa”. Como saber se a nossa nota nesta prova da comunhão com Deus é boa ou ruim? Esteja atento o próximo pontos!

Autor: Jadai Silva de Souza / para o Amigo De Cristo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui