Temer se encontra com Valdemiro Santiago da Igreja Mundial

O encontro de Temer e Valdemiro Santigo, seria em torno de apoio à reforma da Previdência

Temer se encontra com Valdemiro Santiago da Igreja Mundial
Temer se encontra com Valdemiro Santiago da Igreja Mundial

O presidente Michel Temer teve um encontro com o Apóstolo Valdemiro Santiago fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus no Palácio do Planalto na manhã desta segunda-feira (15).

O motivo do encontro de Temer com Valdemiro ainda não foi divulgado oficialmente, mas segundo foi noticiado pelo o Valor Econômico, a conversa se deu em torno da reforma da previdência. Temer pediu apoio do grupo ligado ao religioso para a reforma da Previdência. Temer busca o respaldo não apenas dos fiéis que seguem a igreja liderada por Santiago, mas igualmente dos parlamentares que têm relação com o apóstolo, que integram a bancada evangélica na Câmara.

Michel Temer já recebeu diversas visitas de deputados e senadores da bancada evangélica. O presidente agora espera contar lideranças de igrejas evangélicas e de partidos ligados a elas traçam uma estratégia comum para elevar suas bancadas no Congresso de 93 para cerca de 150 deputados federais. Temer busca convencer os deputados desse segmento que ainda estão indecisos a votar favoravelmente à reforma.

Conversa de profeta

O apóstolo Valdemiro Santiago, parece ter profetizado sobre ascensão de Michel Temer (PMDB) à presidência da República anos atrás, segundo o Gospel+.

“Há um tempo atrás, muita gente me dizia que o atual presidente era ateu. E é difícil alguém da posição dele falar o que ele falou essa semana. É muito difícil. Ele falou com muitos ministros, e parlamentares, sabia que ia sair na imprensa… Há muitos anos, ele veio falar comigo, só que não tinha, nem ele, nem niguém – ele teve 90 e poucos mil votos para deputado – podia chegar para ele e falar assim: ‘Em 2016 o senhor vai assumir a presidência’. Ninguém podia falar para ele”, recapitulou Santiago, lembrando da última eleição para deputado disputada por Temer, em 2006.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here