Menina cristã de 13 anos é estuprada por muçulmano no Paquistão

Menina cristã de 13 anos é estuprada por muçulmano no Paquistão
vigília em homenagem a Zainab, que foi estuprada e assassinada

Uma menina cristã paquistanesa de 13 anos foi estuprada por um homem muçulmano em uma área rural perto da cidade de Gujranwala, ao norte de Lahore no Paquistão, no domingo passado (14 de janeiro), enquanto trabalhava nos campos.

A menina foi encontrada pelo seu primo mais novo e levada ao hospital. A delegacia de polícia local registrou o caso e ontém 16 de janeiro, a menina foi levada a Lahore para um exame de DNA.

Seu pai, cujo nome está sendo mantido em sigilo para proteger a identidade da menina, passou mais de 30 anos como trabalhador em servidão na aldeia, trabalhando para um único patrão. Existem apenas quatro famílias cristãs na aldeia. Todos são extremamente pobres e trabalhadores braçais.

Como o pai da menina já é de idade avançada e pai de mais sete filhos, e sofre de asma, sua filha o ajuda a cuidar do gado de sua responsabilidade.

“Minha filha trabalha desde o início da manhã até o meio-dia todos os dias com o gado e eu acompanho-a”, disse ele ao World Watch Monitor. “Era domingo e nossa família estava participando de um casamento, então minha filha foi trabalhar com seu primo mais novo. Quando voltei e percebi que ela ainda não havia voltado para casa, fui verificar o local de trabalho. Perto dos campos, e encontrei ela e seu primo amarrado com a dopatta [um pedaço de pano usado para a cobertura da cabeça].

“Ela nos contou que um homem chamado Zaman Khan a amarrou e à obrigou ir com ele para o pasto, batendo nela com um bastão. Quando cheguei, ela ainda estava gritando por ajuda. “Ouvindo me aproximar,Zaman fugiu do local e levamos a minha filha para o hospital”.

Khan, é um homem de 28 anos, de uma aldeia próxima e foi contrtado pelo fazendeiro a poucos dias.

“Quando o fazendeiro ficou sabendo do que aconteceu, ele ficou bastante chateado e relatou o ocorrido nas mesquitas da região, e só por causa de seus esforços pessoais Zaman foi preso”, disse o pai da menina. “Toda a aldeia está do nosso lado apesar de apenas quatro famílias cristãs que vivem na aldeia”.

O Sub-inspetor adjunto da polícia Adnan Shahzad, que investiga caso, disse ao World Watch Monitor: “Zaman está sob custódia policial e está sendo interrogado. Depois disso, ele será enviado para a prisão “.

Este incidente ocorreu em um momento em que toda a nação paquistanesa está de luto por uma menina de sete anos, chamada Zainab, que foi estuprada e depois brutalmente assassinada – um caso que ganhou repercurção nas manchetes internacionais.

A parlamentar cristã Mary Gill, que visitou a família da menina cristã, perguntou se a mesma revolta seria sentida por uma menina de uma minoria religiosa como sentida por Zainab, pelos muçulmanos.

“Nós também iremos protestar por menina cristã, como fizemos por Zainab?”, Perguntou no Facebook. “… Agora nos não podemos salvar Zainab, mas somos responsáveis ​​por levar os culpados à justiça”. #cristãosperseguidos

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here