Evangélica vence o cancêr e agora evangeliza pessoas em Hospitais

Renata criou o projeto “Amor que cura”, que ajuda as pessoas levando o conforto espiritual e necessidades básicas.

Evangélica depois de vencer o cancêr evangeliza nos Hospitais
Evangélica depois de vencer o cancêr evangeliza nos Hospitais

A historia de cura e superação da evangélica Renata de Medeiros que venceu a luta contra um cancêr de mama em 2012, após passar por um longo tratamento, sentiu a necessidade de evangelizar e ajudar outras pessoas que estão lutando contra a doença nos hospitais e criou o projeto “Amor que cura”, que ajuda as pessoas levando o conforto espiritual e necessidades básicas.

“Tudo começou quando eu fui diagnosticada com câncer de mama. Eu fui fazer o meu tratamento no hospital e chegando lá eu me deparei com uma situação muito diferente da que eu vivia na época”, disse em entrevista para o programa Sempre Feliz da Red Super.

“Eu descobri com o exame de toque, então fui procurar um mastologista. Isso foi em 2012 e em janeiro de 2013 eu já estava começando a fazer meu tratamento. Quando eu vi a realidade das pessoas que fazem o tratamento eu fiquei muito triste. São pessoas que viajam 12 horas, que vem do interior para fazer sessão de quimioterapia e não tem dinheiro para comprar uma xícara de café durante o tempo em que fica no hospital. Eu chegava no hospital às 7 horas da manhã e saía às 6 horas da tarde”, contou.

“Eu sentia muita dor, tomava morfina mas a dor não passava. Era desesperador, mas mesmo assim eu não questionei ao Senhor o porquê ou para que. Na verdade eu queria saber o motivo de estar lá fazendo esse tratamento e entendi que era realmente para eu olhar para o próximo. Para olhar para aquelas pessoas, chamar atenção para aquelas pessoas que precisavam de ajuda naquele momento. Eu tive todo o apoio da minha família, dos meus amigos da igreja, mas muitas pessoas lá não tiveram mesma coisa que eu tive”, ressaltou.

Amor que cura

Renata criou o projeto “Amor que cura”, que ajuda pacientes que não têm condições financeiras com hospedagem, cestas básicas, transportes, roupas e medicamentos. Por meio dessa iniciativa, ela leva a Palavra de Deus e realiza acompanhamento espiritual com as pacientes.

“Eu levo alimentos café da manhã para os pacientes que não tem condições. Muitas famílias precisam de cestas básicas, caixa de leite, suplemento que é muito caro, para as crianças principalmente e a gente sempre tá levantando ajuda de todo mundo. Todos podem ajudar a suprir as necessidades dos pacientes. Também levamos a Palavra.

A gente faz evangelismo lá no hospital que é muito especial, doação de Bíblias e também acompanhamos esses pacientes de perto. Os pacientes aqui de Belo Horizonte a gente vai na casa, faz um culto, acompanha e vê a necessidade de roupa, remédio, dinheiro de passagem para fazer o tratamento”, colocou.

fonte: Guiame

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here