Ataque contra igreja na Nigéria deixa 17 mortos

Ataque contra igreja na Nigéria deixa 17 mortos
Ataque contra igreja na Nigéria deixa 17 mortos

Um ataque realizado por homens armados contra uma igreja no estado de Rivers no sul da Nigéria, deixou pelo menos 17 pessoas mortas quando retornavam da igreja após celebrar a passagem de Ano Novo, informaram fontes policiais e familiares das vítimas. O episódio ocorreu na última segunda-feira (1º).

O ataque ainda não foi reivindicado, mas suspeita-se de um grupo de milicianos conhecido por realizar sequestros e assassinatos na região do Delta do Rio Níger – em novembro passado, o líder dessa quadrilha foi morto pelas forças de segurança.

O porta-voz da polícia no estado, Omoni Nnamdi, que confirmou o incidente para o PREMIUM TIMES, disse que era difícil para a polícia dar o número exato de pessoas mortas no tiroteio.

Foi relatado que os assassinos abriram fogo contra os cristãos que estavam retornando de diferentes igrejas cerca de 12h20 depois de terem celebrado a passagem de ano para 2018.

O porta-voz da polícia disse que a normalidade voltou ao local e que eles informariam sobre o  número exato de vítimas após uma investigação, disse o Sr. Nnamdi, vice-superintendente da polícia.

A região, de maioria cristã, é palco frequente de conflitos de milícias, que pegam em armas contra multinacionais para obter uma fatia do mercado de extração de petróleo no Delta do Níger.

COMPARTILHAR