Muçulmanos pedem enforcamento de jovem cristão no Paquistão

Jovem perseguido por ser cristão

1
Muçulmanos protestam contra publicações de blasfêmia, no Paquistão
Multidão de muçulmanos no Paquistão

Uma multidão enfurecida de 80 muçulmanos está exigindo que um jovem cristão seja enforcado, porque ele “insultou o islamismo” no Paquistão.

 Jovem perseguido por ser cristão

A multidão também ameaçou queimar a família do jovem até a morte. O motivo das ameaças seria uma postagem que ele fez no Facebook, a qual os extremistas afirmam que é ofensiva contra o Islã.

O caso é apenas o mais recente dentro do aumento da perseguição aos cristãos no Paquistão, um país de maioria muçulmana.

Nabeel Masih, um garoto cristão de 16 anos, morador de Punjab, enfrenta a pena de morte por postar uma foto da peregrinação religiosa Kaaba em Meca. Ele foi preso e levado sob custódia protetora da corte, segundo relatórios do The Express.

Segundo os islâmicos, a imagem “ofensiva” teria exibido uma cabeça de porco nela.
A multidão chegou até mesmo a ameaçar qualquer advogado que aceitasse defender o adolescente cristão. A advogada de Masih, Aneeqa Mari disse que a situação está se tornando cada vez mais tensa.

A equipe de advogados disse: “Havia cerca de 80 pessoas de diferentes faixas etárias, incluindo estudantes que estavam presentes no local, apenas para a audição de Nabeel e cada um deles foi continuamente ligando para outras pessoas e as convidado para ir ao mesmo local. Os advogados também foram ameaçados”.

Mari disse que ela chegou a ouvir de um dos advogados de acusação: “Você tem alguma ideia de que o caso que você está pegando para defender é um caso de blasfêmia e este homem blasfemou contra o Islã. Você deve saber que o Paquistão é um Estado islâmico, somos todos muçulmanos, e estas são cortes muçulmanas. Por isso, você não deve defender este criminoso”.

“Você e as pessoas que chegam de Lahore para prosseguir com este caso aqui não podem enfrentar o grande número de pessoas que temos conosco. Então é melhor você rever sua decisão e ficar longe”, continuou o extremista.

Masih está preso e sua família fugiu de sua casa. A data da próxima audiência ainda não foi definida.

A Associação Cristã Britânico-Paquistanesa disse: “Aparentemente, como se quisesse esfregar sal nas feridas da pobre vítima, o jovem Nabeel Masih, a polícia local tem sido rígida e inventa uma série de outros cyber-crimes que eles acreditam que Nabeel cometeu”.

“A investigação está levando mais tempo do que o esperado. Eles pedem mais tempo para concluir seu relatório complementar. Em outras palavras, no caso de Nabeel ele só seria absolvido de uma acusação de blasfêmia, devido à indignação internacional. Caso contrário, a polícia vai encontrar outra maneira de deter Nabeel”, finalizou

1 COMENTÁRIO

  1. esta escrito que o satanás (diabo a velha serpente) cegou o entendimento das pessoas para não conhecerem a verdade, é lamentável que a muita gente se perdem matam em nome de ahlam,nao tenhem amor ao próximo estão cego espiritualmente e Fisicamente.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here