Presidiário se torna pastor e grava cinco DVD dentro da Prisão

1
Presidiário se torna pastor e grava cinco DVD dentro da Prisão
Presidiário se torna pastor e grava cinco DVD dentro da Prisão

O presidiário José Eduardo, considerado e respeitado como um dos “xerifes” do sistema prisional do Amazonas, o hoje pastor José Eduardo Viana Marques, 40, que está preso na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), gravou esta semana o seu quinto DVD gospel e mudou a rotina da unidade prisional.

“Hoje eu sei o que um pai sente quando perde um filho, eu sei o que é vender drogas para uma criança. Hoje eu vejo a desgraça que eu fazia na vida dos outros”, revelou o pastor.

A gravação contou com a participação de aproximadamente 400 detentos, 200 familiares e a presença do secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Louismar de Matos Bonates, e do diretor da unidade prisional, Enderson Passos Navegante.

Em meio a um forte sol, Eduardo chamava os detentos para participar da gravação e se aproximar de uma tenda, montada no pátio da UPP. “Podem se aproximar meus irmãos, não tenham medo, antigamente nós aparecíamos na televisão sendo humilhados, agora vamos aparecer louvando a Deus, como homens novos”, dizia.

Acompanhado pela banda “Festa no céu”, formada por músicos que também são presidiários, o pastor iniciou a gravação agradecendo a presença das autoridades. “Essa é minha sétima cadeia e é a primeira vez que eu vejo um secretário entrar aqui no Puraquequara. Eu ia trazer uma banda pra tocar comigo, mas aqui dentro nós temos muitos talentos e que agora vão tocar para glorificar o nome de Deus”, revelou.

O pastor informou que as músicas, sendo a maioria em ritmo de forró, são de autoria própria em parceria com alguns amigos e, quando iniciou a gravação, o que se viu foi a participação de todos. Muitos orando, louvando e dançando, embalados e liderados pelo pastor.

“Sei que muitos ainda não acreditam na minha conversão, mas eu não preciso provar nada para o homem, mas sim para Deus. Quero sair daqui e dar meu testemunho de vida, pois acredito que vai salvar muita gente”, declarou o pastor, que na capa de um dos DVDs gravados fez questão de incluir a seguinte passagem bíblica: “Lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos maltratados, como sendo-o vós mesmos também no corpo” (Hebreus 13:3).

Saiba mais – Benefícios

O diretor da Unidade Prisional do Puraquequara, Enderson Passos Navegante, que está há um ano à frente da unidade, informou que essas atividades contribuem muito para o comportamento dos detentos. “Essas atividades ajudam a manter a paz e o bom comportamento dos detentos. Aqui nós recebemos pastores, padres, pastoral carcerária e eles fazem a opção do que seguir. Trazer a palavra de Deus é sempre bom”, disse.

Em números

8.574 detentos fazem parte do sistema prisional do Estado. A capacidade é de 3.871, o que apresenta um excedente de 4.703 detentos. Nas unidades prisionais da capital são 5.765 presos, com 2.858 vagas, o que representa um excedente de 2.907 internos.

Informações: acritica.uol.com.br

Compartilhar

1 COMENTÁRIO

  1. Posso ver a mão de Deus dentro dos nossos presidios, ha um grande avivamento acontecendo, que Deus levante obreiros para alcançarem todas as cadeias BrasileiraS.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here