Deputado Marco Feliciano denuncia abuso durante voo à Polícia Federal

Deputado Marco Feliciano denuncia abuso durante voo à Polícia Federal
Deputado Marco Feliciano denuncia abuso durante voo à Polícia Federal

Deputado Marco Feliciano denuncia abuso por ativista gays durante voo à Polícia Federal

Nesta terça-feira (13) foi formalizada por oficio a Polícia Federal a denúncia do abuso em que o Deputado Pastor Marco Feliciano, foi hostilizado por ativistas gays durante um voo entre Brasília e Guarulhos, em São Paulo.

Segundo o Deputado federal, ao reconhece-lo na aeronave, alguns ativistas gays passaram a hostilizá-lo com xingamentos e com a música “Robocop Gay”, dos Mamonas Assassinas. Feliciano afirmou ainda que os passageiros interviram na situação e o defenderam, mas com o tamanho do tumulto, o comandante da aeronave ameaçou retornar à capital federal.

Leia na íntegra o ofício da denúncia encaminha pelo pastor ao Diretor Geral da Polícia Federal de Brasília, Leandro Daielo Coimbra:

Excelentíssimo Senhor

LEANDRO DAIELO COIMBRA

Diretor Geral da Policia Federal

Brasília-DF

Senhor Diretor.

Solicito a Vossa Excelência providencias no sentido de instaurar Inquérito Policial para apurar fatos ocorridos na ultima quinta feira em voo de Brasília-DF, com destino a Belo Horizonte- MG, com escala em São Paulo, voo nº 5019 – Azul Linhas Aéreas, onde fui atacado por um grupo de rapazes que se portavam de forma deseducada e com trejeitos aparentes de homossexuais, com ataques a minha pessoa, inclusive, com contato físico me tocando, causando danos a minha pessoa, perturbando meu sossego. Ações desse tipo, em reação a minha atuação parlamentar causa um grande mal a democracia em nosso Pais, e serve de mau exemplo para os jovens.

Saliento que durante o voo, tomando conhecimento dos fatos e sabedor do risco que todos os passageiros correriam no caso de um tumulto generalizado, o Comandante ameaçou retornar o vôo para Brasília-DF.

Ao desembarcar em Guarulhos-SP, para conexão, fui contatado por agentes da Policia Federal que me orientaram a dirigir-me ao posto da PF no aeroporto para registrar os fatos o que não foi possível no momento devido ao tempo exíguo do novo embarque para o destino final onde tinha um compromisso contratual para ministrar palestra para milhares de pessoas.

Para minha surpresa, os mesmos agressores de forma acintosa, e certos da impunidade, postaram Vídeo, em anexo, gravado por eles mesmo na internet, vangloriando-se da agressão e citando a não ação da própria Policia Federal, como se vivêssemos num Pais sem lei, e que todos os passageiros do voo, seus tripulantes e o Comandante fossem também obrigados a passar por esses riscos sem nenhuma reação das autoridades.

Certo de vossa atenção, antecipadamente agradeço e coloco meu gabinete a disposição.

Pr. Marco Feliciano
Deputado Federal PSC/SP, Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias

Veja o vídeo: Marco Feliciano sendo hostilizado em Voo por Ativistas Gays

COMPARTILHAR