Revista Forbes lista os pastores mais ricos do Brasil

Revista Forbes lista os pastores mais ricos do Brasil
Revista Forbes lista os pastores mais ricos do Brasil

Revista Forbes lista os pastores mais ricos do Brasil. A revista Forbes , elaborou uma lista com os cinco pastores mais ricos do Brasil, se baseando em dados do Ministério Público Federal, da União e da Polícia Federal.

A publicação da revista retrata a fé como algo “altamente lucrativo” tornando alguns dos líderes religiosos mais conhecidos do Brasil em multimilionários.

Segundo a listagem da revista estão entre eles em destaque, os pastores que mais investem em meios de comunicação comprando emissoras de TV ou até mesmo alugando diversos horários em outras emissoras. Confira a lista na íntegra.

Pela lista da Forbes o pastor mais rico do Brasil é o bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus. O patrimônio dele estaria estimado em US$ 950 milhões (em dólares) e há uma observação na revista americana dizendo que o governo brasileiro acredita que este montante seja ainda maior.

Em segundo lugar está o apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, que depois de se desligar da IURD conseguiu acumular US$220 milhões em patrimônios.

O pastor Silas Malafaia aparece em terceiro lugar com US$ 150 milhões, a revista cita que o presidente da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo é o mais sincero entre os pastores e que sempre está envolvido com polêmicas relacionadas a comunidade gay.

O missionário R. R. Soares aparece em quarto lugar, fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus ele é o televangelista mais conhecido do país e seu patrimônio chega em US$ 125 milhões.

Em último lugar aparece o casal Estevam e Sonia Hernandes, fundadores da Igreja Renascer. A Forbes afirma que o patrimônio deles é de US$ 65 milhões citando também os problemas judiciais que eles tiveram nos Estados Unidos em 2007 quanto tentaram entrar no país com 56.000 dólares não declarados.

Como diz a Bíblia, a fé move montanhas. E dinheiro, também.

* As estimativas para valores líquidos foram baseadas em números relatados pelo Ministério Público do Brasil, da União e da Polícia Federal, bem como estimativas do valor de participações privadas de cada pastor, como relatado pela mídia brasileira, incluindo revistas Veja, Exame, IstoÉ, IstoÉ Dinheiro e os jornais Folha de S. Paulo, O Globo e O Estado de S. Paulo.Informações Revista Forbes / Gospel Prime

47 COMENTÁRIOS

  1. Senhhor João, é lamentável ver comentários como o teu a respeito do Vaticano tentanto justificar riqueza estes pastores. Eu sei, e todo ser vivente da Terra que o Vaticano tem muitas riquezas, porém ela não pertence ao Papa, mas a Igreja. Em janeiro de 2010 quando acontenceu a tragédia no Rio, onde muitas famílias perderam casas e até vidas, quem primeiro se manifestou para ajudar foi o Papa com eurso que equivalia na época em 90 mil reais. Agora tu sabe quanto esses defendidos por você doaram? Acho que não!

  2. Sou pastor e tenho vergonha dessas pessoas.
    Pois são como os cães que a Bíblia se refere em:
    Isaías 56:10-11
    10 – Todos os seus atalaias são cegos, nada sabem; todos são cães mudos, não podem ladrar; andam adormecidos, estão deitados, e gostam do sono.
    11 – E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte.

  3. Hoje na era crista nao se dar dizimo,e sim ofertas Voluntarias.2corintios9;7 Cada um contribua segundo tiver proposto no coraçao,nao com tristeza ou por necessidade;porque Deus ama a quem da com alegria

  4. Concordo com Leir, e acrescento que seria uma incoerência se por acaso os citados pastores se indignassem com a reportagem, afinal de contas, as suas riquezas estão compatíveis com a teologia que ensinam aos seus rebanhos.

    Gostaria também de esclarecer que cada um tem o poder sobre o seu dinheiro, porém o problema é quando pensa que está fazendo algo para Deus, e na verdade, não está. Em Am4:4-5, Deus rejeitou as ofertas e os dízimos do povo, porque o foco não era Ele, mas a própria adoração em si: “…porque disso gostais…”.

    Enfim, os valores de riqueza esnsinados por Cristo resumi-se em virtudes, enquanto para esses “pastores” e os seus rebanhos, resumi-se em cifras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui