Ana Paula Valadão diz que pastores barrigudos precisam jejuar

 Ana Paula Valadão diz que pastores barrigudos precisam jejuar!
Ana Paula Valadão diz que pastores barrigudos precisam jejuar!

A cantora Ana Paula Valadão, causou a maior polêmica após dizer que pstores barrigudos precisam jejuar, ou seja, segundo ela esses líderes estariam fora do peso.

A fala da cantora, foi durante um culto de mulheres, e não demorou para o assunto começar a cirular e vir à tona se tornando mais uma de suas polêmicas.

Para ela, viver muito acima do peso é um excesso, algo que “não combina com uma liderança”, pois indicaria que “está sobrando banquete de comunhão e faltando retiro de jejum e oração”.

Na ocasião, postou no blog sua opinião sobre os vários tipos de jejum existentes:

1) O jejum integral, que demanda um retiro, uma separação das atividades comuns, para que a pessoa poupe as energias corporais. Geralmente aconselha-se que a pessoa não deixe de beber água. O jejum de 40 dias que Jesus fez, sem água, foi sobrenatural!

2) O jejum de líquidos, em que a pessoa ingere água, sucos, caldos. Esse também é bastante intenso, e também demanda uma certa renúncia de outras atividades, pois a pessoa pode sentir-se mais fraca fisicamente (ainda que espiritualmente forte!).

3) O jejum de Daniel, comendo apenas legumes, verduras, frutas. É bastante utilizado pelos cristãos em todo o mundo.

4) O jejum de delícias, que possibilita às pessoas a manutenção das atividades normais, mas que também sensibiliza espiritualmente. Esse jejum também é muito utilizado pela dificuldade que muitas pessoas têm de jejuar e continuar com suas rotinas no trabalho e na escola. Consiste em que cada um tire o que mais gosta, em geral as pessoas se abstém de pães, refrigerantes, doces, carnes, e fazem a ingestão apenas do essencial.

3 COMENTÁRIOS

  1. No caso do conhecido “Jejum de Daniel”, o resultado para aqueles quatro rapazes foi, tanto espiritual quanto físico. Acredito sim, que os cristão (não somente pastores) devem cuidar-se melhor, não apenas por estética – o que também é importante, uma vez que interfere na autoestima, e saúde emocional é tão importante quanto a saúde do corpo – mas também porque podemos livrar-nos de muitos problemas físicos, cuidando da alimentação e mantendo certo ritmo de vida. Somos mesmo muito acomodados diante de hábitos mutáveis. Preferimos manter-nos “no mais ou menos” do que buscar maior qualidade, em todos os níveis de nossa vida. Não sei o que exatamente a cantora disse, não a sigo, mas acredito que temos muito a fazer por nós mesmos, para melhorar nossa vida espiritual, física, emocional, moral e mental.

  2. Ana P.Valadão está um tanto equivocada. Jejum não é patológico,jejum é algo espiritual. Pregou um pouco mais de uma hora e falou besteira,enchendo linguiça,talvez porque não tivesse mais nada a declarar, ou queria criar polêmica para chamar a a tenção discriminando pessoas. Se eu fosse esse pastor eu a indiciaria. Mesmo porque ela se esquece que a idade dela vai chegar,isto é,AUMENTAR,e a barriguinha dela pode se tornar BARRIGONA. E se ela não tiver um dinheirinho,a BARRIGONA,irá aparecer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui