Pastor chileno promete abrir um processo contra Deus por causa dos terremotos

Pastor chileno promete abrir um processo contra Deus por causa dos terremotos, tsunamis
Pastor chileno promete abrir um processo contra Deus por causa dos terremotos, tsunamis

Um pastor chileno e seus apoiadores prometeram recentemente abrir um processo contra Deus por causa de Suas punições pelos pecados tais como “terremotos, tsunamis, pragas e doenças”.

O pastor Gustavo Vergara, um membro da Igreja Community Church, em Santiago, capital do

Pastor chileno Gustavo Vergara
Pastor chileno Gustavo Vergara

Chile, disse que o processo é diretamente contra o deus “homofóbico, misógino, briguento e exclusivo”, de acordo com o jornal chileno Las Ultimas Noticias.

Vergara, que também é membro de um clube de motociclistas cristãos chamado Centuriões de Cristo, disse que eles irão apelar para a lei de anti-discriminação, que foi introduzida há algumas semanas no país.

Entretanto, como Deus não pode comparecer à corte, o pastor afirma que a ação será movida contra o deus que existe na “alma da maioria dos representantes da igreja evangélica no Chile”.

“Como Deus (…) não pode ser encontrado para comparecer [na corte], iremos citar aqueles que representam esse deus aqui na terra”, disse Vergara, referindo-se aos pastores da congregação.

“E isso estará representando Jesus, como se Ele estivesse reclamando a um Deus que está assumindo ser Seu pai, mas que Ele não o conhece”, acrescentou.

Esta não é a primeira vez que Deus é processado. Em 2007, Ernie Chambers, o Senador do Estado de Nebraska, nos Estados Unidos, processou a divindade acusando-o de causar “desastres devastadores” no mundo, alegando que isso resultou em mortes e destruições sem piedade.

Chambers pediu na ação por uma “injunção permanente ordenando o Réu a cessar certas atividades prejudiciais e de fazer ameaças terroristas”.

Informações: The Christian Post

COMPARTILHAR