Fé cristã tem influência positiva na sociedade, segundo pesquisa

Siga o Amigo de Cristo no - Google Notícias

Fé cristã tem influência positiva na sociedade segundo pesquisaA fé cristã tem influência positiva na sociedade, segundo uma pesquisa, a fé contribui na perspectiva de vida das pessoas. O estudo sobre a pequisa foi publicado recentemente nos Estados Unidos.

Em um estudo, conduzido pelo instituo Grey Matter Research Matéria, centenas de adultos de diferentes lugares foram questionados se a fé cristã teve impacto positivo, negativo ou não teve impacto real em 16 áreas diferentes da sociedade.

A grande maioria (72%) disse que o cristianismo é bom para ajudar os pobres e para criar os filhos com bons costumes. Cerca de metade (49%) disse que a fé teve um impacto positivo na afirmação do papel da mulher na sociedade.

Em diferentes outras áreas há mais pessoas vendo o impacto positivo que o impacto negativo na sociedade.

Algumas áreas mostram uma divisão real sobre como o cristianismo é visto. Uma delas é sobre o racismo na sociedade: 33% acreditam que a fé cristã impacta positivamente, 35% não veem impacto, e 32% acham que há um impacto negativo.

Enquanto 36% acreditam que a fé cristã tem um impacto positivo na maneira como as pessoas veem os que possuem diferentes crenças e perspectivas, 31% veem a fé como algo que não tem impacto real e 33% sente que ela gera um impacto negativo sobre esse aspecto.

A percepção mais negativa é como a fé cristã afeta a sexualidade na sociedade. Apenas 26% sentem que a fé possui um impacto positivo nessa área, enquanto 37% não vêem nenhum impacto e 37% acreditam que ela causa um impacto negativo.

Se as 16 áreas diferentes forem calculadas em conjunto, a percepção geral sobre a fé cristã é que 13% acredita que ela tem um impacto fortemente positivo, 29% veem esse impacto como um pouco positivo, 37% não vêem impacto, 15% percebem pouco impacto negativo, e 7% acreditam que a fé tem um impacto fortemente negativo sobre a sociedade atual.

Ron Lojas, presidente da Grey Matters Research, disse não estar surpreso de o cristianismo ser criticado por suas visões tradicionais sobre aborto, contracepção e sexo. Ele diz que muitas pessoas que afirmam ser cristãos fazem críticas ao que seus líderes apregoam, que não necessariamente refletem o que dizem os princípios cristãos encontrados nas Escrituras.

A pesquisa entrevistou apenas adultos, que foram selecionados aleatoriamente e tem uma margem de erro de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos.

Amigo De Cristo Noticias