Conflito religioso deixa 12 mortos na Nigéria

Conflito religioso deixa 12 mortos na Nigéria
Conflito religioso deixa 12 mortos na Nigéria

Conflito religioso entre cristãos e muçulmanos deixaram 12 mortos nesta na quinta-feira na cidade de Jos, capital do estado de Plateau, no norte da Nigéria, informaram fontes oficiais citadas nesta sexta-feira pelo jornal local ‘The Punch’.

O chefe de comunicação de Plateau, Abraham Yiljap, afirmou que 60 pessoas foram detidas durante os incidentes de quinta-feira, quando duas igrejas, uma escola islâmica e cerca de 20 outros imóveis foram incendiados.

Entre os mortos, estão um policial e sua esposa, assim como quatro filhos de um vereador.

Publicidade

Yiljap disse também que foi imposto um toque de recolher de 24 horas em Jos. Ainda não se sabe com exatidão o motivo dessa nova onda de violência na Nigéria, habitada majoritariamente por islâmicos no norte e por cristãos no sul.

Mas o jornal ‘Leadership’, citando um morador local como fonte, informou que os distúrbios eclodiram devido a represálias contra os assassinatos de três jovens cristãos, supostamente cometidos por clérigos muçulmanos.

Cristãos e muçulmanos mantêm uma longa disputa pelo poder político e pela propriedade da terra na região, entre outras razões.

Com cerca de 150 milhões de habitantes, que se distribuem em mais de 200 grupos tribais, a Nigéria – país mais povoado da África – sofre frequentes tensões motivadas por diferenças políticas, religiosas e territoriais entre suas comunidades.
Informações: Agência EFE

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: