Papa Bento 16 diz que tem “vergonha” pela violência religiosa

0
Papa Bento 16 diz que tem "vergonha" pela violência religiosa

O papa Bento 16 afirmou nesta quinta-feira que sente “vergonha” pelos atos de violência cometidos em nome da fé cristã.

A afirmação foi feita ao discursar para participantes da Jornada de Reflexão, Diálogo e Oração pela Paz e a Justiça no Mundo, realizada na cidade italiana de Assis.

“Na história, às vezes em nome da fé cristã, recorreu-se à violência. Reconhecemos isso cheios de vergonha”, disse o Pontífice na Basílica Santa Maria dos Anjos.

Segundo o pontífice, “está absolutamente claro que essa [violência] foi uma utilização abusiva da fé cristã, em evidente contraste com a sua verdadeira natureza”.

“Vemos a religião como causa da violência inclusive onde a violência é exercida por defensores de uma religião contra os outros. Mas essa não é a verdadeira natureza da religião”, defendeu o papa.

O pontífice também destacou que, “infelizmente, não podemos dizer que a situação atual se caracteriza pela liberdade e pela paz. Mesmo se a ameaça de uma grande guerra não está em vista, o mundo, todavia, infelizmente está cheio de discórdia”.

Em seu discurso, Bento 16 também disse que “a crítica à religião, a partir do Iluminismo, defendeu, repetidamente, que a religião era a causa da violência, o que fomentou a hostilidade contra as religiões. E se a religião motiva, de fato, a violência, é uma coisa que, enquanto pessoas religiosas, devemos nos preocupar profundamente”.

Diante disso, o papa garantiu que “a Igreja Católica não desistirá da luta contra a violência e da sua tarefa pela paz no mundo”.

“O Deus no qual nós cristãos acreditamos é o Criador e Pai de todos os homens, a partir do qual todas as pessoas são irmãos e irmãs entre elas e constituem uma única família”.

A Jornada, realizada há 25 anos, conta com a participação de delegações católicas, judaicas, de representantes de igrejas orientais, entre outros.

Com Informações Folha

Compartilhar
Recomendado para você

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here